Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

6 dicas para melhorar a gestão de transportes na sua empresa

910 Visualizações

6 dicas para melhorar a gestão de transportes na sua empresa

6 dicas para melhorar a gestão de transportes na sua empresa

No atual cenário empresarial, falar em transportes é, sem dúvida, falar em uma das variáveis mais importantes dentro de uma empresa. O consumidor, cada dia mais exigente, demanda uma logística impecável, baseada em agilidade e qualidade. Por isso, uma boa gestão de transportes é decisiva para a satisfação do cliente e, consequentemente, para o sucesso da empresa.

Pensando em otimizar essa tarefa, o post de hoje traz 7 dicas que o ajudarão na organização da rotina de processos de logística da sua empresa. Acompanhe!

1. Faça um planejamento

Entre fechar um pedido com o cliente até a sua efetiva entrega, diversas são as etapas envolvidas. Ter controle de cada uma delas é essencial para que bons resultados sejam alcançados. Mas isso só será possível com um bom planejamento.

Prever necessidades, definir estratégias e designar as pessoas certas para cada tarefa entram no planejamento da logística. Você, enquanto gestor, deve ter tudo isso em mente, desde o modelo das embalagens utilizadas no transporte até os veículos que serão empregados nesse processo. Claro, contando com o auxílio da sua equipe e de recursos tecnológicos.

Planejar significa buscar sempre a maneira mais inteligente de desempenhar uma tarefa, de modo a evitar inconsistências. Assim, por exemplo, você pode atentar a rotas de entregas, pontos de coleta de mercadorias, veículos mais adequados para cada tipo de transporte etc. Enfim, tudo aquilo que possa ser pensado com antecedência e que contribuirá para um fluxo de trabalho livre de surpresas!

2. Conheça melhor a transportadora

Como dissemos, da compra de um produto pelo cliente até a sua efetiva entrega, muitas serão as etapas percorridas. Uma delas certamente será desempenhada por uma empresa transportadora. Dessa forma, conhecê-la é uma medida indispensável para melhorar a gestão de transportes na sua empresa.

Contar com os serviços de transportadoras de confiança evita uma série de problemas com a logística. Por exemplo, o respeito aos prazos acordados com o cliente (como sabemos, as reclamações por atrasos na entrega são as campeãs na lista de insatisfações dos consumidores) e a garantia de que os produtos chegarão em perfeitas condições ao seu destino.

Portanto, busque sempre levantar o maior número de informações acerca da transportadora, para conhecer a sua política e a qualidade dos serviços prestados. Afinal, é a reputação da sua empresa que está em jogo: se houver um atraso, o cliente não vai querer saber quem foi o responsável!

3. Antecipe demandas

A chave para um serviço de transporte ágil e eficiente está na capacidade da empresa em antecipar demandas.

Isso quer dizer que antecipar necessidades é a melhor maneira de planejar o futuro e evitar imprevistos que não possam ser contornados. Por isso, o gestor de logística deve estar atento a todos os sinais que mostrem que ela deverá se preparar para uma situação anormal.

Por exemplo: o anúncio de que algum imposto cobrado nos transportes ficará mais caro em determinado estado do país. Isso poderá afetar o preço do frete cobrado da transportadora. Como consequência, suas atividades também ficarão mais caras.

Além desta, uma outra situação bem comum é o aumento nas vendas em determinadas épocas do ano, como o Natal. Isso obriga a empresa a planejar sua logística para atender a todo o volume de entregas sem prejudicar a agilidade e a eficiência.

Prever ocorrências desse tipo é a melhor forma de evitar problemas e interrupções nas suas entregas, além de ser uma boa oportunidade de mostrar ao cliente seu compromisso e respeito com os prazos acordados.

4. Implemente sistemas automatizados de controle

Lidar com logística envolve o acompanhamento de muitos processos, o que exige organização e precisão do gestor. Mesmo assim, elas podem se tornar mais simples com a utilização de sistemas informatizados de controle!

A tecnologia, de modo geral, oferece soluções inovadoras para uma infinidade de processos dentro de uma empresa. Na gestão de transportes, já existem sistemas de monitoramento de cargas, pagamento automatizado de pedágios, dentre outras facilidades. Para o trabalho interno à empresa, podemos citar sistemas ERP para controle de estoque, embalamento, pesagem, dentre outros.

Tudo isso representa uma melhora na gestão do transporte, pois fica mais simples obter informações reais e confiáveis, além de ser possível gerenciar todos os processos de forma centralizada!

5. Invista em contratação

Quando o assunto é gestão de transporte, há um ponto que deve ser bem avaliado na hora de definir como ele acontecerá. Afinal, a depender do volume de entregas e do porte da empresa, manter uma frota de veículos pode ser inviável.

Custear manutenção, combustível, seguro e outras despesas pode não ser o mais inteligente a fazer caso a empresa não tenha a estrutura adequada e nem o suporte financeiro para isso.

Nesse caso, contratar uma empresa de transporte é uma alternativa muito eficaz, pois reduz os gastos e permite chegar a diferentes localidades de maneira mais rápida e barata.

O setor de logística deve considerar essa possibilidade quando necessário e procurar os serviços de empresas sérias, que prestarão o serviço com qualidade e a preços competitivos, para que a lucratividade da sua empresa não seja comprometida.

6. Faça logística estratégica

Um dos pontos mais difíceis na hora de gerir os processos logísticos de uma empresa tem a ver com a maneira com que todo o processo é pensado. Em um país com dimensões continentais como o Brasil, o transporte deve ser bem organizado se quiser ser mais ágil e eficiente.

Por isso, é fundamental analisar bem a posição geográfica (cidades polo) dos pontos de distribuição da sua empresa, levando em consideração a qualidade das estradas, custo dos pedágios e principalmente o volume de entregas para essa região.

Por exemplo, a região Sudeste é uma das localidades onde se encontram algumas das maiores cidades do país. Desse modo, é interessante ter um centro de distribuição por lá, já que fica mais fácil escoar os pedidos.

Por fim, esteja atento a todas essas variáveis para otimizar a gestão de transportes da sua empresa. Seguir as dicas que listamos pode ser um começo. Agora é com você!

O post foi útil? Compartilhe-o nas redes sociais e faça com que essas informações cheguem a outras pessoas!

 

CTA_Patrus_Checklist saiba como avaliar a sua transportadora!_final

Deixe um comentário

Open chat