Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

Os 5 maiores segredos do sucesso da logística empresarial

95 Visualizações

Os 5 maiores segredos do sucesso da logística empresarial

Os 5 maiores segredos do sucesso da logística empresarial

Organizações que desejam crescer e se tornar referência no mercado precisam de uma logística empresarial bem planejada e estruturada, que não só atenda à demanda interna e externa, como esteja alinhada às tendências e mudanças do setor. Para isso, o gestor e sua equipe devem estar constantemente informados, além de investir em processos mais efetivos e otimizados que facilitem o dia a dia do trabalho.

Se quiser saber como conseguir isso, confira nossas 5 dicas essenciais para que as operações logísticas sejam cumpridas de forma otimizada!

1. Mapeie todos os processos que envolvem a área logística

É fundamental mapear todos os processos que envolvem ou afetam o setor logístico dentro da organização, para que seja possível encontrar deficiências, gargalos e outros pontos que podem prejudicar a área. Por exemplo, devem ser avaliados o cumprimento de prazos dos fornecedores, o tempo de embalagem e de circulação dos produtos, desde a compra das matérias-primas, o armazenamento no estoque até a entrega ao cliente.

Além disso, é importante checar a parte burocrática da empresa, especialmente se as notas fiscais, o Documento Auxiliar da NF-e (DANFE) e demais documentações estão sendo emitidas e enviadas corretamente aos clientes, sem problemas nos dados e informações.

Aliás, é preciso focar no estoque e otimizar todos os seus processos, pois muitos gargalos costumam ter origem nele. Um dos principais é o fluxo ineficiente de mercadorias, quando não há controle adequado da circulação de itens. Um exemplo são produtos que possuem data de validade expirando serem armazenados por tempo excessivo, enquanto os com maior prazo são enviados aos clientes primeiro.

Outro fator é a falta de critérios para compras e organização dos estoques. Por exemplo, itens que saem menos sendo adquiridos nas mesmas quantidades dos que saem mais, ou seja, sem haver um critério objetivo de proporcionalidade para as compras e produção. Uma solução para esse desafio é a adoção de uma estratégia como a Curva ABC ou 80-20.

Estoques ineficientes geram custos, como por exemplo, com a manutenção de produtos, prejuízos com itens estragando, maiores gastos com energia elétrica, burocracia e tempo. Também é preciso destacar que, se houver desalinhamento entre o que há no estoque físico e as informações do estoque contábil, a empresa pode ser multada durante uma fiscalização do governo.

2. Reforce parcerias com fornecedores e clientes

Uma das principais estratégias para otimizar a logística empresarial consiste em reforçar laços e atuação com stakeholders, principalmente fornecedores e clientes. Para reforçar estes laços, procure unir esforços e até mesmo o sistema de produção e entregas da empresa junto aos dos demais, com direito à integração de sistemas de gerenciamento.

Dessa forma, é possível atuar de forma mais efetiva, minimizando riscos e custos. Por exemplo, tendo uma ferramenta integrada com o seu principal fornecedor, ele poderá ficar atento ao momento em que você necessitar de matéria-prima, podendo até mesmo enviá-la antes que o seu estoque acabe ou fique abaixo de um nível mínimo aceitável. O mesmo vale para você e seus clientes.

3. Acompanhe as tendências que poderão impactar a área

É vital ficar de olho nas tendências e novidades do mercado que podem impactar o setor logístico, especialmente as tecnologias. Isso porque as empresas que se adiantarem e souberem utilizar as novas soluções poderão obter vantagens competitivas amplas sobre as demais, podendo melhorar seus processos de entregas, transporte, armazenamento, entre outros.

Por exemplo, é importante ficar de olho nas soluções de geolocalização, IoT (Internet of Things) ou Internet das Coisas, veículos inteligentes e sistemas gerenciais com planejamento de rotas otimizadas. Também é necessário acompanhar os avanços nos sistemas de comunicação (mensageiros instantâneos, redes e mídias sociais, telefonia VOIP) para potencializar a troca de mensagens com a equipe, bem como nas novas soluções de rastreabilidade.

Este último ponto é interessante não só para sua empresa, no rastreio de cargas, como também para fornecer maior comodidade aos clientes, que terão acesso à localização de seus produtos.

4. Foque na previsão de demandas

A previsão de demandas nas empresas costuma ser um ponto estratégico, pois permite prever cenários positivos, neutros ou negativos. Com essas informações, os gestores podem traçar políticas e táticas que permitam obter os melhores resultados possíveis.

Por isso, a logística empresarial precisa levar em consideração variáveis que permitam prever demandas externas e internas. Por exemplo, épocas de sazonalidade, datas festivas, proximidade de lançamento de produtos, estações (quando impactarem na demanda, como no ramo de moda ou em agricultura) etc. A análise de históricos é vital para que essa ação seja bem incrementada e dê resultados, pois colabora na melhora da tomada de decisão.

5. Adote uma solução tecnológica voltada à logística empresarial

As empresas que querem melhorar seus processos internos e externos precisam adotar soluções tecnológicas de gestão eficientes e eficazes, que permitam um controle amplo sobre rotinas, atividades, tarefas, equipes, tempo e outros pontos inerentes ao ambiente corporativo. Para isso, é importante adotar um sistema ERP (Enterprise Resource Planning) na empresa, o qual facilita o mapeamento e controle de processos maiores.

Só é importante que ele possua um módulo específico para a gestão de logística empresarial, contemplando seus processos e necessidades, além de suas próprias especificidades. Vale a pena buscar soluções que tenham bons recursos de mapeamento de rotas, controle de estoque integrado e emissão de relatórios próprios para a área.

Uma boa logística empresarial depende do trabalho em equipe dos integrantes que atuam diretamente no setor e de todos os envolvidos indiretamente com ele dentro da empresa (setor financeiro, vendas, TI etc.). Além deles, é preciso contar com o apoio de fornecedores e parceiros que possam agregar valor aos seus serviços logísticos.

Seguindo estas dicas, você poderá otimizar seu setor logístico, melhorando o fluxo de mercadorias dentro do seu negócio, potencializando o estoque e podendo entregar produtos com maior efetividade e menos atrasos. Isso poderá se converter em aumento da satisfação dos clientes, ganho de competitividade e até mesmo tornar sua empresa uma referência em sua área de atuação.

Ficou com alguma dúvida sobre estas 5 dicas para melhorar sua logística empresarial? Compartilhe conosco nos comentários para que possamos ajudar!

Comentários (3)

  • Anônimo

    |

  • Avatar

    Lisa Olson

    |

    Adorei seu site. Conteudo de muita qualidade e muito bem escrito também. Abraço e sucesso

    Reply

Deixe um comentário