Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

Liderança inovadora: 6 passos para o setor de logística

249 Visualizações

Liderança inovadora: 6 passos para o setor de logística

Liderança inovadora: 6 passos para o setor de logística

A liderança inovadora é um dos fatores capazes de impulsionar os negócios na área logística, trazendo diferenciais competitivos e agregando maior valor aos processos organizacionais.

Contudo, essa prática, ou mais propriamente uma forma de gestão, requer o empenho do líder em inspirar e influenciar seus liderados na busca por inovações dentro do ambiente corporativo.

Sendo assim, é preciso que ele seja um profissional disposto a investir em novidades para otimizar processos e sempre estar por dentro das tendências do mercado.

Quer saber como se tornar esse tipo de líder? Veja, então, 6 dos principais passos da liderança inovadora!

1. Mantenha-se atualizado e analise diferentes áreas

Para pensar fora da caixa, é preciso se dedicar ao aprimoramento constante de suas competências técnicas e habilidades de gestão, bem como buscar se manter atualizado em relação às tendências do mercado de logística.

Além disso, é necessário analisar outros mercados e setores, como produção, vendas, marketing etc. Dessa forma, você poderá observar ações, tecnologias e processos que podem ser trazidos para as atividades de distribuição, transporte, estocagem, entre outras que fazem parte da área logística.

2. Busque novas tecnologias

O mercado de tecnologia é um dos mais inovadores existentes, sendo fonte de mudanças e revoluções nas formas de se trabalhar.

No ramo logístico não é diferente, pois soluções inovadoras surgem a todo momento, agregando maior segurança, desempenho e eficiência para as operações da cadeia de suprimentos.

O impacto da tecnologia no setor logístico pode ser sentido em diferentes áreas, graças a sistemas de:

  • roteirização de rotas e entregas;

  • gestão e controle de recursos dentro de centros de distribuição;

  • processamento de dados e obtenção de indicadores logísticos;

  • geolocalização e monitoramento de frotas;

  • gerenciamento de estoque, entre outros.

Portanto, é importante observar as inovações tecnológicas na área logística para encontrar opções que podem ser aplicadas na sua empresa. Para isso, veja informativos do setor, participe de feiras e eventos nacionais/internacionais e acompanhe outros canais que podem ajudar a obter informações sobre avanços tecnológicos.

3. Interaja com outros líderes

A interação com profissionais de distintos perfis pode dar uma visão mais ampla sobre novas possibilidades de gestão e inovação dentro da sua organização. Para isso, invista no networking e busque trabalhar, conversar e aprender com gestores logísticos de companhias de sucesso no mercado.

Vale a pena participar de fóruns e grupos virtuais de logística em mídias e redes sociais, além de acompanhar vídeos e palestras de gente de destaque do seu ramo de atuação.

Aprendendo com eles e descobrindo como eles pensam e encontram novas soluções, você será capaz de expandir seus horizontes e trazer novas ideias para o seu trabalho.

4. Incentive seus funcionários a trazerem novas ideias

Um dos fatores que costuma sufocar a inovação dentro das empresas e do setor logístico é o fato de ambos se fecharem às novas ideias de seus colaboradores.

Isso ocorre por conta da falta de canais de comunicação para que os empregados façam sugestões e de gestores que se isolam dos demais. Observações dos funcionários que são constantemente ignoradas também acabam por desmotivá-los, diminuindo gradualmente seus ânimos para sugerirem novidades.

Para obter sucesso com a liderança criativa, é preciso incentivar empregados a colaborarem, além de passar adiante a capacidade do pensamento inovador. É necessário fomentar os liderados a trazerem novas ideias periodicamente, mesmo que simples ou que somente se relacionem a atividades menores.

Com o tempo, é possível que se sintam mais seguros para darem ideias mais ambiciosas, que tragam profundas transformações para o negócio — embora sugestões simples também possam impactar positivamente a área logística.

Vale destacar que é importante também implantar uma cultura de maior tolerância aos erros provenientes de ideias. Caso contrário, os colaboradores poderão se sentir inibidos, evitando sugerir inovações por medo de serem punidos.

Por outro lado, com base nas falhas, é possível obter muitos aprendizados, além de ser mais fácil ajustar sugestões ao longo do tempo até darem certo.

5. Teste e experimente ideias

Grande parte dos líderes mais inovadores do mercado são experimentadores ou testadores, ou seja, colocam em prática suas ideias e observações. É o caso, por exemplo, do gestor da Amazon, Jeff Bezos.

Após criar a livraria online e obter sucesso com ela, ele resolveu experimentar a venda de produtos, desde eletrodomésticos a brinquedos. Para isso, precisou buscar formas eficientes de logística e distribuição, o que deu certo e ajudou a Amazon a se tornar uma das maiores empresas do mundo, sendo uma das mais inovadoras também.

Depois disso, ainda levou sua empresa a se aventurar na produção e distribuição de e-readers, ajudando a desenvolver um novo mercado e se tornando líder nele com seu popular Kindle.

Por isso, é importante pôr em prática o maior número de ideias possíveis. Se estiver com receio de perder recursos, imponha restrições, mas sem que inibam as sugestões. Aliás, algumas limitações podem até ajudar a florescer sugestões mais criativas.

Por exemplo, você pode delimitar um determinado teto orçamentário para ideias voltadas para um melhor convívio entre os colegas, que pode ser menor ou maior que o teto para sugestões que aprimorem o desempenho da frota. Também pode colocar restrições de tempo, pessoal etc. Só cuide para não exagerar nisso!

6. Procure consultorias e parcerias

Muitas vezes a rotina do setor logístico é muito puxada, acabando por sugar o tempo disponível para a busca de inovações. Além disso, nem sempre é fácil encontrar e aplicar novidades depois de anos e anos fazendo atividades da mesma forma.

Para conseguir superar essas limitações, às vezes é necessário contratar profissionais especializados em práticas inovadoras, como consultores.

Empresas que agreguem processos aperfeiçoados aos da sua empresa, ou seja, que atuem como parceiras do negócio, também podem ajudar você e sua equipe a desenvolverem inovações nos seus fluxos de trabalho. Nesse ponto, a terceirização de serviços também pode colaborar, além de unir a sua equipe com a da terceirizada, promovendo trocas de experiências.

A figura do líder adquire um status de pioneiro no planejamento e implantação de ações criativas no setor logístico. Tal ponto demonstra a importância dessa imagem de liderança no gestor de logística, além de ressaltar como ela é essencial para que a empresa continue evoluindo em um mercado cada vez mais acirrado.

Portanto, vale a pena buscar formas de aplicar o gerenciamento inovador na sua área, procurando diferenciais que agreguem maior valor ao seu trabalho. Desse modo, você poderá impulsionar a atuação dos seus colaboradores por meio do exemplo e da dedicação.

Agora que você já sabe como aplicar a liderança inovadora no seu dia a dia, que tal descobrir como prevenir 6 problemas comuns na logística de transporte rodoviário e otimizar ainda mais sua gestão?!  

 

Deixe um comentário

Open chat