Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

Terceirização de serviços: 6 passos importantes para a sua empresa

303 Visualizações

Terceirização de serviços: 6 passos importantes para a sua empresa

Terceirização de serviços: 6 passos importantes para a sua empresa

A logística exige das empresas um bom planejamento estratégico e investimento contínuo em melhorias que garantam a excelência em todas as atividades relacionadas ao transporte, armazenamento e distribuição de cargas.

Considerando os desafios do mercado atual, muitos gestores estão optando pela terceirização de serviços logísticos como forma de reduzir os custos e aumentar a produtividade do negócio.

Por isso, acompanhe a leitura deste post e confira agora os 6 passos mais importantes para que a sua empresa alcance o sucesso na terceirização de serviços!

1. Conheça bem a demanda da sua empresa

Para ser eficiente e trazer benefício, a terceirização de serviços deve ser precedida por uma análise detalhada de todos os processos logísticos, de modo a identificar quais são as áreas ou atividades mais complicadas e garantir a resolução de todos os problemas encontrados.

Sem conhecer bem as lacunas da cadeia logística, é impossível determinar qual será o papel e a contribuição dos fornecedores contratados, acarretando um desperdício de recursos que pode comprometer os resultados do negócio.

Assim como é preciso identificar as áreas que serão submetidas à atuação de um parceiro terceirizado, é fundamental definir quais são os processos logísticos que não deverão ser entregues a fornecedores, respeitando as definições do planejamento estratégico global da empresa.

A análise da demanda interna facilita o alinhamento entre as expectativas da empresa com a terceirização de serviços e as potencialidades dos prováveis parceiros.

Tendo essas questões esclarecidas, os gestores podem dar continuidade à etapa de avaliação e escolha, estabelecendo critérios para a seleção de fornecedores.

2. Defina os critérios para a seleção de parceiros

Uma vez que as necessidades da empresa em logística tenham sido devidamente identificadas, chega o momento de estabelecer os pontos centrais para que a seleção de fornecedores seja feita da maneira correta.

Nesse momento, além da expertise, da reputação e da especialização do serviço terceirizado a ser contratado, é preciso deixar que o público-alvo entenda de forma clara os valores e o modo de atuar da empresa.

Dessa forma, não haverá surpresas nem decepções quando os processos logísticos passarem a ser executados por fornecedores terceirizados, nem por parte da empresa, nem por parte dos parceiros.

Todas as exigências das empresas e condições dos parceiros precisam estar definidas com clareza, sendo necessário identificar desde os valores cobrados pelo frete até os prazos de entrega e estrutura de armazenamento dos produtos adquiridos.

Questões como regularidade fiscal; histórico de atuação no mercado; padrão de qualidade alcançado; afinidade com os valores da empresa contratante; conduta ética e emprego da tecnologia em logística devem fazer parte dos critérios estabelecidos para a contratação de prestadores de serviços terceirizados.

A definição dos critérios de seleção deve permitir a consolidação de um perfil profissional e comprometido, que possa desempenhar o papel de parceiro logístico da sua empresa de maneira eficiente.

Afinal de contas, o trabalho do fornecedor contratado terá impacto sobre a relação da empresa com os demais públicos estratégicos, como clientes e colaboradores.

Considerando tal impacto, é preciso avaliar a necessidade de incluir a equipe de trabalho no processo de terceirização dos serviços logísticos, como você entenderá a seguir.

3. Abra espaço para que os colaboradores contribuam com o processo

Muitas vezes, a terceirização de serviços pode ser vista como uma ameaça pelos colaboradores da empresa.

No entanto, essa é uma crença bastante equivocada, pois a contratação de parceiros visa justamente à facilitação da rotina organizacional e à otimização dos resultados da empresa como um todo.

Uma iniciativa válida é o envolvimento dos colaboradores na construção da proposta de terceirização dos serviços. Nesse caso, a equipe pode colaborar identificando as atividades que necessitam de apoio externo para serem melhor executadas.

De forma diferenciada, o setor de recursos humanos da empresa terá boas contribuições a fazer, tanto no que diz respeito à seleção dos parceiros em logística, quanto à execução de outras atividades envolvendo os novos colegas de trabalho — tais como a avaliação de desempenho e a capacitação da equipe de trabalho.

Quando o planejamento para a terceirização de serviços é feito de forma colaborativa, é possível influenciar o relacionamento entre a empresa e os seus fornecedores de forma positiva.

4. Invista no bom relacionamento com seus parceiros

No mercado atual, o relacionamento entre uma empresa e seus parceiros tem uma grande importância estratégica, constituindo-se como um diferencial competitivo que agrega valor ao negócio e ajuda a conquistar um posicionamento de destaque frente à concorrência.

Com o setor logístico não seria diferente. Nele, é fundamental que a terceirização de serviços seja orientada por boas práticas de relacionamento com os fornecedores, garantindo que todos os benefícios desse investimento de recursos sejam alcançados.

Os gestores devem investir em iniciativas que facilitem a troca de informações e que qualifiquem a parceria estabelecida com cada fornecedor — e quanto maior o leque de parceiros contratados, melhor para a empresa.

Dessa forma, os gestores terão à sua disposição um trabalho qualificado em todas as áreas identificadas como demanda para terceirização de serviços na etapa de análise do contexto organizacional.

Para isso, o uso da tecnologia para promover a integração dos processos logísticos com todas as áreas da empresa torna-se uma grande necessidade.

5. Valorize o emprego da tecnologia na gestão integrada

A automatização dos processos logísticos é uma realidade incontestável. A cada ano, as empresas são beneficiadas com o surgimento de ferramentas tecnológicas extremamente eficientes, que facilitam a execução das tarefas e aumentam a produtividade.

Assim, é muito importante que os parceiros contratados tenham o mesmo posicionamento estratégico em relação ao uso da tecnologia, fazendo do emprego de softwares e aplicativos especialmente desenvolvidos para o setor logístico uma preocupação constante.

Com a possibilidade da gestão remota, fica mais fácil o acompanhamento do resultado de todos os serviços executados pelos parceiros contratados.

Essa é uma etapa essencial para o sucesso das estratégias de terceirização de serviços, a qual constitui o último passo que abordaremos neste post.

6. Avalie os resultados da terceirização de serviços

À medida que a parceria com os fornecedores é realizada, é preciso avaliar continuamente a entrega feita pelos parceiros.

Para isso, é preciso estabelecer diretrizes e marcadores com antecedência, sistematizando o uso de procedimentos e de relatórios que permitam o registro regular dos resultados encontrados e facilitando o feedback necessário para a adequação das posturas e práticas por parte dos parceiros e, também, da própria empresa.

Dessa forma, é possível perceber que a avaliação dos processos é uma etapa fundamental do planejamento estratégico em logística, inclusive quando se trata de monitorar o desempenho dos fornecedores.

Agora que conheceu os passos mais importantes para a terceirização de serviços, você tem alguma dúvida ou gostaria de compartilhar algo sobre a experiência da sua empresa? Aproveite o espaço para comentários deste post e conte para a gente!

CTA_Patrus_Checklist saiba como avaliar a sua transportadora!_final

Deixe um comentário

Open chat