Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

A importância do cálculo do ROI para a logística da sua empresa

238 Visualizações

A importância do cálculo do ROI para a logística da sua empresa

A importância do cálculo do ROI para a logística da sua empresa

À medida que o planejamento de logística é colocado em prática, os gestores precisam avaliar os resultados a fim de perceber o quanto os investimentos realizados estão se transformando em benefícios.

Trata-se de uma estratégia fundamental para promover a eficiência dos processos logísticos, integrando cada etapa das atividades de transporte e distribuição aos demais setores das empresas.

Entenda, no post de hoje, qual é a importância do cálculo do ROI para que as organizações atuais alcancem o sucesso em logística. Veja e tire todas as suas dúvidas!

Afinal, o que é ROI?

O termo ROI significa Return on Investment (retorno sobre investimento). Trata-se de um indicador de desempenho criado na esfera da gestão financeira, destinado a medir os resultados alcançados a partir do investimento em determinadas iniciativas.

Embora seja um dispositivo criado inicialmente para avaliar o lucro das empresas, o ROI pode ser aplicado a qualquer área ou processo, incluindo a logística.

No mercado atual, devido à automação dos processos logísticos, o cálculo do ROI passou a ter uma importância muito grande, auxiliando os gestores a determinarem o quanto os programas e dispositivos tecnológicos adquiridos são, de fato, rentáveis para a organização.

De fato, o cálculo do ROI em logística orienta a melhoria dos processos e possibilita a conquista gradual da eficiência, conforme você vai entender a seguir.

Por que o cálculo do ROI é fundamental para a eficiência em logística?

Na atualidade, a eficiência em logística tornou-se um imperativo para as empresas que querem aumentar a sua vantagem competitiva e conquistar uma posição de destaque no mercado.

Devido à competitividade e ao dinamismo das relações de produção e de consumo, é preciso desenvolver uma postura cada vez mais estratégica, capaz de antecipar as demandas e atender a todas as necessidades dos consumidores de maneira eficaz e personalizada.

Entretanto, graças à evolução tecnológica, existem várias ferramentas que possibilitam a otimização dos processos logísticos, reduzindo custos e aumentando a produtividade.

Por outro lado, muitas empresas estão optando por ampliar a sua própria frota, destinando boa parte dos seus recursos para a aquisição de caminhões e para a manutenção constante dos seus veículos.

Além disso, a grande maioria das empresas já reconhece a importância da capacitação dos colaboradores para uma logística eficiente, promovendo diversas iniciativas que ampliam os conhecimentos, promovem a especialização e agregam valor ao capital humano

Nesse sentido, os gestores precisam acompanhar de perto o resultado dos investimentos feitos na aquisição de softwares, na modernização da frota e no treinamento dos colaboradores, para que possam avaliar as estratégias implementadas e fazer as adequações necessárias em cada uma das iniciativas.

Como o cálculo do ROI contribui para a avaliação dos processos?

Diante dessa demanda, o cálculo do ROI assume um lugar muito importante entre as ações necessárias para a avaliação de resultados em logística, possibilitando uma percepção mais detalhada dos ganhos e também das perdas relacionadas aos investimentos realizados.

Entretanto, para que o cálculo do ROI possa ser aplicado à logística e oferecer todos os benefícios possíveis para as empresas, é preciso considerar alguns fatores essenciais, adaptando a fórmula financeira aos processos logísticos.

É sobre essa questão que vamos falar agora!

Que fatores a sua empresa deve considerar?

A princípio, a fórmula estabelecida para calcular o ROI é definida pela equação que subtrai o valor do ganho alcançado do valor inicialmente investido e divide o resultado obtido nessa operação pelo valor inicialmente investido.

Em se tratando das operações logísticas, os gestores devem considerar uma série de fatores para adequar a proposta da fórmula à realidade dessa área da empresa.

Dessa forma, questões como o investimento em capacitação dos motoristas e demais membros da equipe, ou como o tempo gasto para que a manutenção da frota seja realizada de maneira adequada devem ser observadas de maneira atenta.

Por outro lado, os investimentos feitos em tecnologia, não apenas para aquisição dos equipamentos, mas também para o treinamento dos colaboradores que vão utilizar as ferramentas adquiridas, também devem ser considerados.

Os resultados dos processos logísticos devem ser considerados?

Da mesma forma, os resultados obtidos a partir de todos os processos logísticos devem fazer parte do cálculo do ROI.

Entre esses aspectos, podem ser considerados fatores como a redução de gastos, o aumento da produtividade, a diminuição de acidentes ou de ocorrências de roubo de cargas, por exemplo.

Além disso, é preciso considerar um intervalo de tempo de médio a longo prazo para que os impactos dos investimentos feitos em logística possam ser percebidos em todos os processos.

A observação de todos esses fatores no cálculo do ROI oferece aos gestores a possibilidade de otimizar o planejamento estratégico em logística, criando um sistema contínuo de avaliação e aperfeiçoamento das práticas que beneficia não somente os processos logísticos em si, mas a rotina organizacional como um todo.

Trata-se da possibilidade do alcance e manutenção da eficiência em logística, assunto que encerrará o nosso artigo sobre a importância do cálculo do ROI. Confira! 

Como os resultados do cálculo de ROI impactam na logística?

A logística está em constante evolução, impulsionada pela evolução tecnológica e pelo crescimento das oportunidades do mercado.

Mais do que nunca, as empresas precisam alcançar a excelência em todos os processos relacionados à distribuição e ao transporte de insumos ou mercadorias, fazendo com que os índices de produtividade aumentem e os custos diminuam, sem comprometer a satisfação de seus clientes.

Por essa razão, o cálculo do ROI permite a avaliação e melhoria contínua dos processos logísticos, na medida em que orienta os gestores na adequação dos investimentos, de modo a reforçar as iniciativas mais positivas e corrigir aquelas que não estão oferecendo os resultados pretendidos inicialmente.

Dessa forma, o planejamento estratégico em logística é beneficiado por meio de uma ferramenta que contribui para o estabelecimento de ações mais seguras e rentáveis, ampliando o conceito de lucro para além das questões financeiras e alcançando a totalidade dos processos gerenciais e operacionais em logística.

Agora que você já sabe tudo sobre o cálculo do ROI em logística, que tal conferir outros conteúdos especiais sobre gestão empresarial? Siga a Patrus Transportes e acompanhe nossas postagens no Facebook e no YouTube

Deixe um comentário

Open chat