Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

Saiba como escolher a sua transportadora de cargas fracionadas

241 Visualizações

Saiba como escolher a sua transportadora de cargas fracionadas

Saiba como escolher a sua transportadora de cargas fracionadas

A competitividade, aliada à maior exigência do consumidor, exige cada vez mais planejamento, eficiência operacional e qualidade na entrega das mercadorias, com o objetivo de garantir o produto certo, no momento certo e na quantidade combinada.

Uma das principais escolhas dos gestores para conseguir esses resultados é contratar uma transportadora de cargas fracionadas. Essa modalidade é a melhor forma de reduzir custos e aumentar a produtividade e o giro de estoque.

O transporte de cargas fracionadas é um método desenvolvido por transportadoras para reduzir a ociosidade dos seus veículos e para possibilitar que empresas de diferentes portes possam se beneficiar da expertise de uma prestadora de serviços, mesmo que para pequenos volumes.

Mas é preciso ficar atento a alguns pontos antes de escolher a melhor transportadora. Por esse motivo, neste post vamos discorrer sobre como esse serviço funciona, as suas vantagens e ainda dar dicas para escolher a transportadora certa para a sua empresa. Continue lendo!

Como funciona o transporte de cargas fracionadas?

Diferentemente da carga completa, esse método de transporte basicamente visa reunir cargas de vários clientes que serão enviadas para diferentes lugares do país ou do mundo e construir uma rota única para todas elas.

Para isso, o planejamento de cargas fracionadas precisa ser minucioso para realizar a coleta das cargas em todos os clientes e concluir as entregas dentro de cada prazo individual.

Embora possa ser realizado em diferentes modais (aéreo, fluvial, ferroviário), o transporte da carga, na maioria das vezes, é realizado em modal rodoviário, o que torna o serviço mais barato, seguro e com poucas falhas.

As muitas vantagens e facilidades desse tipo de transporte possibilitam que empresas pequenas, médias e grandes desfrutem do serviço com a mesma segurança e eficácia.

Outro detalhe do transporte de carga fracionada é que, por conta da diversidade de cargas e volumes (que podem ser em quantidades bem reduzidas), são utilizados também veículos menores e mais modernos para buscar as mercadorias nas empresas ou entregá-las ao destino final.

O que avaliar em uma transportadora de cargas fracionadas?

Já parou para analisar quantas vendas você já deixou de fazer porque não conseguiu volume suficiente para realizar uma entrega? Já contabilizou o tempo que ficou parado no trânsito, talvez porque o cliente não tinha um local adequado para estacionar o veículo ou porque a carreta não podia trafegar em determinado horário?

Ao utilizar uma transportadora de cargas fracionadas, esses problemas são eliminados. Entre as vantagens que podemos citar desse serviço estão:

  • flexibilidade;

  • maior giro de estoque;

  • mais vendas;

  • agilidade nas entregas;

  • melhora no fluxo de caixa;

  • menor custo de estoque, entre outros.

Porém, para tirar o máximo de proveito desses benefícios, é preciso ficar atento a alguns pontos na hora de escolher a transportadora. Veja os itens que devem ser analisados abaixo:

Conheça a realidade da sua empresa

Conhecer a realidade da empresa e entender as suas necessidades é o primeiro passo antes de escolher qualquer serviço. Assim, o gestor saberá exatamente de que precisa e o que procurar em um serviço de transportes.

Essa etapa deve ser realizada antes mesmo de se iniciar qualquer consulta e avaliação de empresas. Só depois o gerente pode começar uma pesquisa mais eficiente e com maior facilidade para encontrar a transportadora ideal.

Faça pesquisas e detalhamento dos históricos

Pesquisas, por mais minuciosas que sejam feitas, nunca são suficientes para conhecer a instituição candidata — especialmente no setor de transportes, no qual existem muitas empresas irregulares e “de fachada”.

Um erro na escolha da transportadora é capaz de comprometer todo um planejamento semestral ou anual, ocasionando entregas feitas com atrasos, produtos entregues com avarias e clientes reclamando dos serviços prestados.

Por isso, não deve haver economia de trabalho quando o assunto for pesquisar o histórico da transportadora. Uma busca de referências com empresas que já contrataram o serviço, conferência da situação no Serasa e informações na internet (principalmente em sites de avaliações e reclamações) também são importantes.

Prefira empresas especializadas e com experiência

É comum observar transportadoras inexperientes e sem qualquer especialização. Mas, quando se trata de carga fracionada, atuar com uma empresa despreparada pode gerar o efeito oposto ao desejado.

Para garantir o sucesso da operação, é preciso que a transportadora seja responsável quanto ao cumprimento dos prazos, possua uma equipe qualificada e disponha de uma infraestrutura adequada. Dessa forma, ela poderá contornar com facilidade quaisquer imprevistos.

Avalie a frota da transportadora

Em primeiro lugar, o gestor deve desconfiar se a transportadora não permitir que a sua frota seja avaliada. É de vital importância ter conhecimento sobre os veículos que transportarão os seus produtos.

Caminhões e carros antigos com manutenção duvidosa podem trazer riscos para as entregas, quebrar no meio do caminho e comprometer o prazo das entregas, aumentando, assim, o risco de avarias e tornando o processo de carga e descarga improdutivo.

Considere o custo-benefício

O preço do frete é muito importante. Como é sabido no mundo logístico, o transporte bem como a armazenagem representam os maiores custos logísticos. Mas isso não significa dizer que a opção mais barata é necessariamente a melhor. Nesse caso, é necessário fazer uma avaliação de custo-benefício, pois o barato pode sair caro.

Por outro lado, não é preciso pagar mais caro por serviços que, na prática, não farão tanta diferença para suas mercadorias. Portanto, o gestor deve ter toda sabedoria para dosar os pontos e fazer a melhor escolha para cada situação.

Certifique-se de que a empresa investe em tecnologia

O uso da tecnologia é essencial em qualquer área. Por esse motivo, é mais do que natural priorizar esse detalhe na hora de escolher a transportadora. Também é importante saber se a empresa investe em inovação e conta com equipamentos atualizados.

No caso do sistema logístico, o recurso de rastreamento de veículo é de vital importância. Sendo assim, verifique se a transportadora disponibiliza esse serviço para que a sua empresa possa rastrear a carga em tempo real. Além disso, é interessante confirmar se os softwares utilizados estão atualizados e permitem o acesso em diversos dispositivos.

Em suma, escolher uma transportadora de cargas fracionadas é muito mais que uma simples assinatura de contrato. Essa modalidade de transporte é reconhecida como uma solução versátil e inovadora para resolver situações de um setor cada vez mais importante nas empresas. Por isso, é importante ficar atento às dicas apresentadas neste post para que a sua empresa possa formar parcerias corretas e, assim, impulsionar o seu negócio.

E você, gostou deste conteúdo? Tem alguma pergunta sobre o assunto? Então, entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas!

 

Deixe um comentário