Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

Conheça os principais desafios da logística no Omnichannel

105 Visualizações

Conheça os principais desafios da logística no Omnichannel

Conheça os principais desafios da logística no Omnichannel

Acompanhar as tendências do mercado é um importante requisito para se manter competitivo. Um conceito que está conquistando um grande espaço no comércio varejista é o Omnichannel.

Essa novidade surgiu graças ao novo perfil de consumidor, que é dinâmico e multicanal. Seu principal objetivo é proporcionar a melhor experiência de compra possível, por meio do alinhamento entre diferentes canais.

Por exemplo, se o usuário encontrar um produto do seu interesse na loja virtual, ele terá a opção de conferir sua disponibilidade na loja mais próxima e retirar o item lá. O contrário também pode acontecer: caso a loja física não tenha a mercadoria desejada em seu estoque, o consumidor pode finalizar a compra pelo site e recebê-la em casa.

Como já era de se imaginar, esse novo tipo de consumo exige uma série de esforços na gestão logística. Afinal, é preciso integrar o gerenciamento das lojas físicas e virtuais de maneira eficiente, a fim de garantir a satisfação do cliente.

Neste post, você conhecerá os principais desafios que o Omnichannel pode trazer aos profissionais de logística e algumas dicas para superá-los. Acompanhe!

Elevados custos com logística reversa

A logística reversa de pós-venda diz respeito à devolução de produtos, que retornam aos estoques da empresa por diversas razões. Pode ocorrer graças a defeitos, avarias, erros no processamento de pedidos ou qualquer outro motivo de insatisfação do cliente.

Esse tipo de operação já é um desafio para as organizações por representar custos. No Omnichannel, o prejuízo pode ser ainda maior. Afinal, quando existe esse modelo de consumo, o cliente também exige a disponibilidade de todos os pontos de contato com a marca na hora de trocar ou devolver mercadorias.

Quando um item comprado online é devolvido para uma loja com estoque ineficiente, os gastos são ainda maiores. E, se a devolução for diretamente para o centro de distribuição, ainda existem custos extras com frete e possibilidade de danos ao produto.

Portanto, é de extrema importância manter uma comunicação eficiente entre todos os canais e em todas as direções. Só assim a logística reversa será viável no Omnichannel. Para tal, é preciso dispor de um bom aparato tecnológico, fiscal e pessoal treinado.

Gestão do estoque em tempo real

Como mencionado no item anterior, a comunicação é um dos pontos cruciais para o sucesso do Omnichannel. Principalmente no que se refere à gestão do estoque. Para mostrar ao cliente a disponibilidade correta de cada item no inventário, é preciso que essas informações sejam atualizadas e compartilhadas em tempo real.

Imagine uma situação em que o potencial consumidor, ao verificar o site da marca, nota que o produto de seu interesse está disponível em uma loja física próxima de sua casa. Ele realiza a reserva e vai retirar a mercadoria. Mas ao chegar lá, ele descobre que o último item em estoque acabara de ser vendido a outro cliente.

Em casos assim, a credibilidade e a confiabilidade da empresa ficam completamente comprometidas. Por isso, um dos requisitos necessários para um varejo Omnichannel de qualidade é saber capturar, armazenar, analisar e distribuir os dados de maneira ágil.

Por isso, contar com o apoio de um recurso tecnológico é indispensável. Com um sistema de gerenciamento de armazéns (WMS), por exemplo, a empresa consegue integrar seus canais de venda eficientemente. Esse é um investimento necessário e que evita frustrações da clientela.

Alternativas de distribuição eficazes

O transporte de cargas também sofre impactos com a utilização da abordagem Omnichannel em um varejo. Conseguir gerenciar os diferentes pontos de coleta a fim de realizar entregas dentro dos prazos é algo complexo.

É preciso ter a capacidade de enviar as mercadorias que estão ausentes no estoque da loja diretamente à residência do cliente. Além disso, o consumidor contemporâneo é bastante exigente em relação aos prazos: quanto mais curtos, mais atraentes.

No entanto, a empresa não deve comprometer sua imagem ao prometer mais do que pode cumprir. Sendo assim, é importante estudar alternativas de distribuição que contemplem prazos e preços diferenciados.

O mais recomendado é optar pela contratação de uma transportadora confiável e que ofereça um atendimento personalizado de acordo com as necessidades de cada cliente. Para aumentar o nível de serviço, é interessante disponibilizar um sistema de rastreamento de pedidos que permita o acompanhamento do status das compras.

Integração na cadeia de suprimentos

A Supply Chain corresponde aos fluxos de informações, bens, serviços e finanças que ocorrem dentro de uma cadeia e conta com uma série de participantes (como fornecedores e clientes finais). Para um varejo Omnichannel bem-sucedido, todas as etapas da cadeia de suprimentos devem estar alinhadas corretamente.

Normalmente, os produtos já passam por diversas etapas antes de chegar ao usuário final. Quando há a multiplicação dos pontos de contato entre o consumidor e a marca, o número de processos a serem otimizados é ainda maior.

O grande desafio dessa abordagem é que ela exige mudanças estruturais no negócio. A gestão de todos os departamentos e operações deve ser integrada, a fim de colocar a boa experiência do cliente como o objetivo central da empresa. Tudo isso implica, por muitas vezes, na mudança da própria cultura organizacional.

Em geral, colocar o conceito de Omnichannel em prática também pede a elaboração de uma estratégia de centralização do gerenciamento da cadeia de suprimentos. Os softwares oferecem um bom suporte para tal, uma vez que auxiliam no compartilhamento de informações e na integração entre todos os agentes e etapas da cadeia.

O Omnichannel é uma resposta do mercado varejista às exigências do consumidor contemporâneo. Apostar nesse conceito inovador traz diversos benefícios ao negócio, como estímulos no processo de decisão de compra e potencial aumento de vendas.

Porém, sua complexidade pode gerar problemas logísticos em empresas despreparadas. Sendo assim, quem deseja melhorar a experiência do cliente com sua marca por meio do Omnichannel, deve conhecer as melhores formas de atenuar esses impactos.

Agora que você já sabe como superar os grandes desafios da logística no Omnichannel, que tal compartilhar este post nas suas redes sociais?! Assim, seus amigos também poderão esclarecer suas dúvidas sobre essa nova tendência de consumo!

 

Deixe um comentário