Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

Governança corporativa e logística: entenda tudo sobre essa relação

132 Visualizações

Governança corporativa e logística: entenda tudo sobre essa relação

Governança corporativa e logística: entenda tudo sobre essa relação

A discussão em torno do conceito de governança corporativa e da sua relação com a logística está cada vez mais presente na rotina de gestores e empresários do mais variados segmentos organizacionais, devido ao aumento dos desafios do mercado atual.

As empresas estão em busca de práticas sustentáveis, que garantam a sobrevivência dos empreendimentos a curto, médio e longo prazo, consolidando uma reputação positiva junto a colaboradores, clientes, fornecedores e demais públicos de interesse.

Para isso, os gestores devem promover a excelência em todos os processos gerenciais e operacionais, atuando a partir de uma visão totalmente estratégica e integrada do negócio.

Entenda, neste artigo, qual é a relação existente entre governança corporativa e logística e quais são os benefícios alcançados a partir desse alinhamento. Confira e esclareça suas dúvidas!

O que é governança corporativa?

Independentemente do tamanho de uma empresa ou do seu core business, a governança corporativa tornou-se um conceito extremamente importante para as empresas no mercado atual, marcado pela crescente competitividade e pela instabilidade econômica.

De acordo com as definições do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), esse termo pode ser entendido como o sistema de práticas, políticas e valores empregado pelas empresas para dirigir e monitorar todos os seus processos gerenciais, operacionais e relacionais.

Trata-se de um conjunto de proposições enxutas e objetivas sobre a forma como as organizações devem se posicionar junto aos seus diversos públicos de interesse, buscando garantir a longevidade do empreendimento e a conquista de um lugar de destaque no mercado.

Cada empresa pode optar por implementar o modelo de governança corporativa que seja mais adequado às suas próprias demandas. O mais importante, contudo, é perseguir a melhoria contínua da rotina organizacional, de modo a alcançar o nível máximo de excelência em todas as atividades realizadas no âmbito interno ou externo da organização.

Os 4 pilares da Governança Corporativa são:

1) Transparência

2) Equidade

3) Prestação de Contas

4) Responsabilidade Corporativa

Considerando a aplicação do conceito de governança corporativa na prática da gestão empresarial e tendo em vista os desafios do mercado na atualidade, é impossível alcançar bons resultados sem colocar a logística no centro das ações de gerenciamento propostas a partir do modelo de governança adotado.

Por essa razão, os gestores devem compreender bem qual é a relação estratégica existente entre governança corporativa e logística, conforme vamos explicar a seguir.

Como governança corporativa e logística estão relacionadas?

Nos últimos anos, à medida que crescia a importância de garantir melhores práticas em governança corporativa para promover o sucesso dos negócios, a demanda pela alta performance em logística aumentou igualmente, determinando a aproximação definitiva desses dois conceitos.

Sendo assim, já não é mais possível pensar as práticas e tendências de governança sem considerar, ao mesmo tempo, qual é o posicionamento de uma empresa em relação às atividades de distribuição, armazenagem ou entrega de materiais brutos e produtos manufaturados.

Diante dos desafios do cenário atual, especialmente da incerteza em relação à estabilidade da economia, as empresas que negligenciarem a integração e a automação em logística no momento de traçarem os planos do negócio poderão acumular uma série de prejuízos, correndo o risco de comprometer a existência do empreendimento de forma definitiva.

Afinal, para sobreviver no mercado e manter uma imagem institucional forte, os empreendedores contam com as vantagens estratégicas proporcionadas pela adoção de medidas que promovam a excelência em todos os níveis, desde o recebimento dos insumos até a entrega do produto final ao cliente, visando sempre a sua satisfação.

De fato, os benefícios conquistados a partir do alinhamento entre governança corporativa e logística são bastante expressivos e atingem praticamente todos os setores do negócio.

Quais são os benefícios dessa relação para os negócios?

Uma vez que a governança corporativa propõe o melhor aproveitamento dos recursos tendo em vista a sustentabilidade das organizações, a sua implementação favorece a consolidação das ações de logística sustentável, favorecendo não apenas as empresas e seus clientes, mas a sociedade como um todo.

A consolidação das práticas de governança com os processos logísticos promove, também, a redução de falhas nas diversas operações e, consequentemente, o aumento da produtividade, possibilitando que as empresas melhorem o seu desempenho de forma global e possam aproveitar todas as oportunidades de crescimento oferecidas pelo mercado.

Além disso, o entendimento da relação estratégica entre governança corporativa e logística facilita a implementação do planejamento estratégico e o acompanhamento dos resultados obtidos em todos os setores da empresa, facilitando a resolução de problemas e a adequação das ações rumo ao alcance dos objetivos de negócios previstos.

Quando a governança corporativa e a logística são entendidas no contexto da relação estratégica existente entre elas, as empresas podem fazer da eficiência nos processos logísticos o seu grande diferencial competitivo, rumo à conquista de um lugar de destaque no mercado.

Como fazer da logística um diferencial competitivo?

Implementar processos logísticos inteligentes é o primeiro passo para manter o alinhamento entre governança corporativa e logística e promover o diferencial competitivo do negócio a partir desse posicionamento estratégico.

Trata-se de uma abordagem integrada de todas as operações relacionadas ao armazenamento, transporte e entrega de mercadorias, que promove a organização das tarefas e a antecipação de demandas, favorecendo a conquista de melhorias contínuas.

Ao experimentar a cultura de inovação, as empresas se preparam para buscar as soluções mais eficazes e econômicas para a sua rotina, fazendo com que todos os seus públicos de interesse se beneficiem do aprimoramento das práticas organizacionais.

Os gestores podem acompanhar as tendências de mercado e promover o emprego qualificado da tecnologia em logística e gestão empresarial, integrando todos os processos gerenciais e operacionais por meio da automação.

Além disso, para fazer da logística um diferencial competitivo, é fundamental que as empresas invistam no seu capital humano, promovendo a capacitação e a motivação de seus colaboradores, para que a equipe possa estar comprometida com a eficiência cotidianamente.

Chegando ao final do nosso artigo, fica claro o quanto a sintonia entre governança corporativa e logística é essencial para que as empresas possam otimizar toda a rotina organizacional, simplificando as tarefas, reduzindo custos e aumentando a produtividade.

Quer saber mais sobre governança corporativa e logística ou entender melhor a importância dos processos logísticos no cenário atual? Assine a nossa newsletter e receba, diretamente no seu e-mail, conteúdos especializados em gestão de empresas, inovação e tendências de mercado!

 

Deixe um comentário