Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

Operações On-Demand: saiba o que são e por que são uma tendência

353 Visualizações

Operações On-Demand: saiba o que são e por que são uma tendência

Operações On-Demand: saiba o que são e por que são uma tendência

Constantemente o comportamento dos clientes muda, tornando-se mais exigente e sempre buscando conseguir diferenciais durante as compras — o que diminui o apego às marcas e faz com que as empresas tenham que aprimorar os produtos e serviços constantemente.

Nessa procura por atrair a atenção de um público cada vez maior, surgiu o conceito de Operações On-Demand.

Provavelmente você já ouviu falar nesse termo, mas, no artigo de hoje, vamos apresentá-lo sob o viés da logística e explicar por que ele tem se tornado uma grande tendência no mercado. Continue acompanhando a leitura para saber mais sobre o assunto!

Afinal, o que são as Operações On-Demand?

Operações On-Demand funcionam com base nas necessidades, ou encomendas, dos clientes, ou seja, é um produto ou serviço sob demanda. Isso quer dizer que essa estratégia busca atender aos clientes da forma mais conveniente possível, de acordo com as solicitações realizadas.

Normalmente, trata-se de serviços ou produtos oferecidos por empresas com foco voltado para a tecnologia, a fim de atender às demandas dos consumidores de imediato. O exemplo mais comum é o das operadoras de TV a cabo que possibilitam contratar filmes à parte, gravar programações e assistir o que quiser, no momento em que desejar.

Nesse sentido, podemos dizer que essas operações estão ganhando cada vez mais espaço entre os clientes, visto que proporciona o poder de escolha e a possibilidade de se consumir apenas o que se deseja e de escolher o momento mais conveniente para usufruir dos produtos e serviços — e, em alguns casos, pagar apenas por isso.

Como elas funcionam?

Na maioria dos casos, os serviços On-Demand funcionam por meio de assinaturas (que podem ser mensais, semestrais ou anuais, por exemplo) ou, pelo menos, requerem a realização de um cadastro feito por um titular.

Para isso, o contratante deve se registrar na empresa (o que pode ser feito por meio de telefone, sites ou aplicativos) e escolher o tipo de conta (de acordo com o plano e forma de pagamento). Confira, nos tópicos a seguir, algumas características que os consumidores esperam e estão ligadas a esse tipo de serviço.

Flexibilidade

Graças ao imediatismo gerado pela internet, os clientes querem, cada vez mais, interagir com as empresas, produtos e serviços, em qualquer lugar, a qualquer momento — o que é possível com o uso de dispositivos conectados à rede.

Nesse sentido, muitas empresas já procuram investir em uma estratégia omnichannel, integrando os diversos canais de atendimento, com o objetivo de fornecer uma experiência unificada para os clientes — ainda que a compra seja iniciada no site e finalizada na loja física, por exemplo.

Protagonismo

Se um produto ou serviço agrega valor para a experiência, o cliente quer aproveitar tudo que estiver disponível para ele, incluindo as informações. São eles quem tomam as decisões sobre o que querem e quando querem.

Portanto, é necessário compreender o que os consumidores buscam e quais são suas principais necessidades. Assim, consegue-se criar iniciativas que não só podem satisfazê-las, mas também superá-las.

Informações que aprimoram a experiência

Muitos clientes não se importam de compartilhar informações, desde que elas sejam usadas com inteligência e sirvam para agregar valor à experiência com os produtos e serviços. Isso quer dizer que as empresas precisam desenvolver ainda mais a gestão do conhecimento.

Praticidade

Quanto mais simples, prática, intuitiva e agradável for a experiência, mais os clientes se sentem satisfeitos. Sendo assim, as empresas precisam buscar meios de evitar a complexidade.

Por que elas têm se tornado tendência no mercado?

Operações On-Demand abrem um leque de oportunidade para vários tipos de negócios, visto que existem diversos segmentos que podem ser explorados. Para isso, contudo, é preciso estimular a cultura da inovação para que as melhores ideias (de produtos e serviços) sejam ofertadas aos clientes.

Dentro do contexto da logística, é possível prever quais serão as tendências dessas operações para o futuro (não muito distante). Saiba quais são elas a seguir.

Produção On-Demand

Com uma produção On-Demand, as empresas podem reduzir os níveis de estoque e, consequentemente, minimizar os custos decorrentes das operações logísticas. Isso é possível por meio da adoção da estratégia de postponement — ou seja, adiamento.

Nela, posterga-se as partes finais da produção ou montagem de um produto, deixando-os em um estado em que só falta serem personalizados, de acordo com a demanda. Tudo isso permite que as empresas ganhem em escala e reduzam o índice de perdas e obsolescências.

Um bom exemplo disso seria uma produção de mochilas infantis, produzidas em formato padrão, nas quais as estampas seriam colocadas somente períodos antes de vender, de acordo com os desenhos que estão em alta no momento.

O desafio, aqui, seria conseguir agilizar a produção sem perdas de qualidade, ao mesmo tempo em que se consegue oferecer prazos de entrega satisfatórios para os clientes.

Transporte On-Demand

É possível que daqui a um tempo as transportadoras permitam um agendamento prévio de veículos para a carga e entrega dos pedidos. Além disso, também será possível ter transparência durante todo o processo — desde a reserva até a saída do veículo da base da transportadora.

Assim, consegue-se planejar os horários de entrada e saída, dimensionar as equipes e disponibilizar os outros recursos para que a carga seja consolidada e acondicionada no caminhão com o máximo de eficiência. Dessa forma, será possível obter ganhos operacionais, evitando problemas como ociosidade e sobrecarga de trabalho.

Entregas On-Demand

Também será possível contar com entregas On-Demand, que permite que embarcadores e compradores escolham o melhor modelo de entrega, baseado em diversas opções padronizadas. Com o apoio da tecnologia, é possível que a entrega seja escolhida por meio de aplicativos e websites — oferecidos pelas transportadoras que trabalharão com esse tipo de serviço.

As Operações On-Demand têm como ponto de origem principal a mudança do comportamento dos clientes e o aumento da exigência para obter produtos e serviços cada vez mais personalizados. Para que as empresas permaneçam competitivas no mercado, terão que encontrar meios de adaptar os processos — a fim de transformar a maneira como se relacionam com seu público, por isso a necessidade de investir em inovação.

O artigo de hoje esclareceu suas dúvidas sobre o tema? Aproveite e assine a nossa newsletter para continuar acompanhando outros conteúdos relacionados à logística!

 

Deixe um comentário

Open chat