Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

Layout de armazém: entenda a importância e saiba como fazer

734 Visualizações

Layout de armazém: entenda a importância e saiba como fazer

Layout de armazém: entenda a importância e saiba como fazer

Muito se fala sobre a necessidade de empresas adotarem processos otimizados e mais estratégicos para aprimorar sua cadeia de distribuição. Afinal, a logística tem um papel de grande peso para o sucesso de um negócio.

Organizações que desejam incrementar seus lucros e expandir mercado saem na frente da concorrência se conseguirem garantir entregas mais rápidas, econômicas e com qualidade de seus produtos ou serviços.

Como sabemos, a logística é um sistema formado por muitos elos, e todos eles têm sua importância na hora de tornar o processo como um todo mais produtivo.

Nesse contexto, a organização e a forma como os materiais estão dispostos nos armazéns fazem toda a diferença no fluxo logístico. Ajustes no layout geram grandes economias de tempo e recursos, além de contribuir para a gestão de riscos.

Para ter mais excelência na sua cadeia de distribuição, veja por que o layout de armazém é tão importante e descubra como aperfeiçoar o da sua empresa neste post. Acompanhe!

Por que o layout de armazém é importante?

O objetivo primordial do armazém é proporcionar uma boa movimentação dos materiais, de forma a aproveitar ao máximo todo o espaço disponível. Assim, questões como limpeza, organização do ambiente, volume dos objetos, entrada e saída de itens e equipamentos devem ser considerados na hora do planejamento dessa área.

O layout correto do armazém contribui muito para a produtividade, uma vez que a boa disposição dos itens facilita o trabalho, a movimentação e o fluxo das atividades logísticas. Consequentemente, a empresa ganha mais flexibilidade, além de conseguir reduzir custos e o tempo gasto nas operações.

Essa mudança no ambiente do armazém colabora para a implementação de processos mais alinhados e enxutos, uma premissa básica da Metodologia Lean, que promete operações mais eficientes, rápidas e com alto valor agregado.

Um ponto importante em relação a um layout mais estratégico é tentar minimizar ao máximo o número de vezes que um item é movimentado. Além de poupar tempo e recursos, essa prática reduz os riscos de avarias, sobretudo de produtos mais frágeis.

Nesse sentido, todo o planejamento do layout de um armazém deve ser estudado a fim de otimizar os processos de picking — atividade de separação e preparação de pedidos —, evitando que um material seja manuseado muitas vezes e que sua integridade seja comprometida por conta disso.

Além disso, é importante ressaltar que a cadeia logística é composta por um fluxo de etapas interligadas. Assim, a armazenagem tem impacto direto nas demais operações, como na gestão de estoque e nos resultados de todo o processo.

Em suma, um layout de armazém bem-pensado promove benefícios como:

  • melhor aproveitamento do espaço: limpeza, organização e estocagem correta dos itens;

  • movimentação otimizada: um bom projeto permite um deslocamento mais seguro e confortável para equipamentos e pessoas;

  • processos mais produtivos: a organização do espaço contribui para que as demais atividades sejam mais lógicas, inteligentes e eficazes.

Como garantir um bom layout para minha empresa?

Para investir em um bom layout de armazém, considere estes 7 aspectos relevantes:

1. Otimização do espaço

O planejamento do espaço disponível deve levar em conta pontos como conservação dos itens, acessibilidade e limitação. Afinal, a ideia central é viabilizar uma gestão dos materiais mais eficiente, facilitando o alcance dos produtos e otimizando o tempo de trabalho.

2. Giro dos itens

Para que os profissionais não percam tempo com os processos de separação e preparação dos pedidos (picking), carga e descarga de materiais, entre outras atividades de armazenagem, uma boa prática de organização de layout é alocar itens com giro alto — ou seja, que são mais populares e têm mais saídas — em áreas de acesso mais rápido, tornando o processo mais prático.

Como esses produtos são solicitados com mais frequência, o ideal é facilitar ao máximo a identificação dos mesmos. Isso contribui para que erros e inconsistências não aconteçam.

Naturalmente, itens com baixo giro podem ser armazenados em locais mais afastados ou em estantes mais altas, para aproveitar o espaço do galpão.

3. Armazenamento por semelhança

É muito mais prático para a equipe encontrar um item no galpão se ele estiver alocado próximo aos seus semelhantes. Assim, agrupar itens por afinidade ou categorias é outra estratégia que facilita os processos de movimentação, entrada e saída.

4. Volume dos materiais

O volume das mercadorias é outro ponto decisivo, uma vez que ele tem impacto direto em como o espaço será ordenado, que tipo de compartimentos serão usados e como será a disposição de todos os elementos.

Se o propósito é otimizar espaço, destinar uma grande área para diversos itens pequenos é um grande erro e um desperdício.

Assim, todo o layout deve ser projetado de acordo com o tamanho das peças que serão estocadas. Caso contrário, não é possível pensar em uma forma inteligente para aproveitar o espaço.

5. Características dos produtos

Muitos itens exigem necessidades especiais no quesito armazenagem. Alimentos, cosméticos e produtos farmacêuticos são exemplos de produtos que precisam ficar em condições de temperatura, ventilação, peso e umidade específicas. Caso contrário, eles podem sofrer alterações de validade e qualidade.

Dessa maneira, o layout de armazém deve respeitar essas especificidades para assegurar a segurança e a integridade dos produtos.

6. Posicionamento das portas

Um aspecto prioritário no momento de desenhar o layout do armazém é pensar no posicionamento das portas. No fim das contas, se elas ficarem em um espaço de difícil acesso ou correrem o risco de ficar bloqueadas por algum outro elemento, o sucesso do projeto é comprometido.

7. Limpeza e organização

Por fim, um espaço limpo é primordial para a conservação dos produtos. O acúmulo de poeira e sujeira podem contaminar os itens ou até mesmo atrair pragas que destroem os materiais. Por isso, é essencial pensar em um layout que facilite a higienização e a conservação da limpeza.

O layout de armazém é um componente crucial para o sucesso em logística. Para que essa realidade se torne possível em sua empresa, é preciso fazer uma análise prévia do espaço com base nas prioridades e planejar um ambiente com a estrutura correta para a estocagem de produtos.

Desse jeito, você beneficia todas as outras etapas e agrega ainda mais valor aos processos da sua cadeia de distribuição.

Se você gostou de saber sobre a importância do layout de armazém, continue sua visita em nosso blog e informe-se mais sobre os gastos da cadeia de distribuição com nosso post sobre os principais custos logísticos. Aproveite a leitura!

CTA_Patrus_Manual do Lean Manufacturing no transporte de cargas_final (1)

Deixe um comentário