Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

O que é lead time em logística? Entenda a sua importância

990 Visualizações

O que é lead time em logística? Entenda a sua importância

O que é lead time em logística? Entenda a sua importância

Otimizar processos em logística é uma grande prioridade para muitas empresas. Afinal, hoje em dia existe uma grande pressão para que instituições adotem etapas mais enxutas e práticas, gerando entregas mais ágeis e com o menor custo possível.

Na busca por um fluxo aprimorado na cadeia de produção, quanto mais a empresa conseguir analisar informações e indicativos de performance, melhor. Nesse cenário, se destaca a importância de avaliar o conceito de lead time.

O lead time está relacionado aos tempos de espera da cadeia logística, e seu conhecimento pode ajudar gestores a ter poderosos insights para aperfeiçoar etapas de produção e distribuição ou até mesmo identificar erros ou gargalos nos processos.

Está interessado em entender a fundo o que é lead time em logística e saber como usá-lo a favor do seu negócio? Então continue a leitura deste post e veja porque você deve acompanhar sempre esse indicativo para o sucesso da sua empresa. Confira!

Descubra o que é lead time em logística

O termo lead time, que vem do inglês, pode ser traduzido como tempo de espera. No contexto logístico, podemos entender esse conceito como os diferentes tempos de entrega, ou seja, o período total que decorre entre um pedido (feito pelo cliente) até que o mesmo seja executado (remessa realizada para o consumidor).

Em suma, o lead time mede o tempo gasto em toda a cadeia logística até que os insumos se transformem em produtos finais e sejam entregues para os clientes. Os períodos mensurados aqui são aspectos como:

  • processamento de pedidos;

  • resposta do fornecedor;

  • descolamento dos insumos — do fornecedor para a fábrica ou para os armazéns, por exemplo — e dos produtos finalizados até o cliente final;

  • inventários;

  • linhas de montagem e produção;

  • trânsito.

Como podemos perceber, cada uma das etapas percorridas desde o recebimento de um pedido do cliente até sua entrega agregam tempo. Assim, o lead time busca estudar esse período de aprovisionamento e ajudar gestores a diminuir os gaps na cadeia logística e implementar iniciativas capazes de reduzir as esperas.  

Conheça a importância desse conceito

Todos conhecem a máxima de que “tempo é dinheiro”. Em um mercado frenético e altamente competitivo, grande parte da eficiência dos serviços é mensurada pelos períodos e esperas.

Da mesma forma, o tempo é uma medida capaz de agregar valor para o cliente, sobretudo na hora das tomadas de decisão. Se uma empresa oferece um prazo muito melhor do que o de um competidor por um produto semelhante, ela pode ganhar a preferência do público, pois uma parcela significativa dos consumidores hoje em dia não está disposta a esperar.

Assim, o lead time em logística é um grande aliado na hora de ajustar os fatores que determinarão o sucesso do departamento. Com um conhecimento aprofundado desse conceito, empresas podem adotar processos mais enxutos e melhorar pontos importantes como:

  • ciclo de vida dos produtos;

  • previsão de demanda;

  • controle rígido de estoques e armazéns;

  • aprimoramento de negociações com fornecedores;

  • tempo de transporte e otimização de rotas.

Muitos gestores acreditam que um meio de reduzir o lead time é trabalhar com estoques cheios, uma vez que isso diminui o tempo de produção já que a empresa conta com um bom número de produtos acabados e prontos para o envio.

Ao mesmo tempo, é sabido que estoque em excesso é um grande desperdício. Assim, essa alternativa pode ser fatal para o giro da empresa, pois produtos parados geram muitos custos de armazenagem, inventário e manuseio. Além disso, os materiais podem estragar ou se tornar obsoletos, representando um prejuízo financeiro.

Dessa forma, percebemos que o lead time é um desafio contínuo para o setor de logística. Portanto, o ideal é controlar de perto esse indicador e buscar formas de melhorar as etapas e processos — desde a compra de insumos até a distribuição de entregas que estejam alinhadas com os objetivos e os valores da empresa.

Aprenda como calcular o lead time

Agora que você entende como funciona o conceito de lead time e sua importância para a logística, veja como você pode calculá-lo para aplicar em sua empresa:

  1. Primeiramente, comece listando todos os materiais que são necessários para a produção de algo ou para alguma atividade. Inclua todo e qualquer item na lista, até mesmo itens usados para consertos ou manutenções.

  2. Em seguida, procure saber quanto tempo é gasto para a aquisição de cada material. Nessa etapa, você precisará calcular o período de deslocamento de cada item, do fornecedor até a indústria. Não deixe de considerar fins de semana e feriados na conta, já que muitas empresas trabalham apenas com dias úteis.

  3. Agora que você já sabe o tempo que cada material leva para estar disponível para a produção, organize os itens por data, destacando os que possuem um prazo mais longo.

  4. Use a informação dos itens que levarão mais tempo para serem entregues como guia para estabelecer o período total (em dias ou horas) necessário para que um produto ou serviço seja finalizado. É uma boa prática considerar também os fins de semana/feriados e deixar uma margem para atrasos ou imprevistos, que sempre podem acontecer.

  5. Por fim, adicione o tempo de espera para que o produto ou serviço saia da fábrica, seja embalado e esteja pronto para o envio ao comprador. Depois de todas essas etapas, você saberá o lead time para entrega de um determinado item ao cliente final.

Vale a pena ressaltar, nesse ponto, que um bom sistema de gestão para logística pode ajudar muito os gestores a acompanhar e controlar melhor os tempos de entrega, entradas e saídas de pedidos, garantindo sempre o lead time ótimo da produção.

Softwares de logística geram relatórios, compilam informações em tempo real e, dessa maneira, auxiliam executivos na comparação de dados e tomadas de decisões estratégicas. Assim, a empresa investe em uma gestão mais integrada e otimizada, com foco na melhoria contínua.

O conceito de lead time é extremamente útil para o gerenciamento e planejamento estratégico em logística. Quanto mais as empresas se mantiverem atentas a esse índice, melhor conseguirão aprimorar a sua produtividade.

Você gostou de entender o que é lead time em logística? Como sua empresa acompanha esse indicativo atualmente? O que pode ser melhorado em sua opinião? Compartilhe suas ideias e opiniões com a gente nos comentários!

 

Deixe um comentário

Open chat