Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

Entenda o que é cubagem e conheça a sua importância

336 Visualizações

Entenda o que é cubagem e conheça a sua importância

Entenda o que é cubagem e conheça a sua importância

Um dos principais desafios logísticos para as empresas consiste em garantir o funcionamento de todas as etapas do transporte de cargas, permitindo que seus clientes recebam os produtos adquiridos dentro do prazo e sem qualquer avaria.

Apesar da sua relevância para o sucesso do planejamento em logística, muitos gestores ainda não entendem bem o que é cubagem e qual a sua real importância dentro das operações de distribuição e transporte.

Trata-se de um processo que tem um impacto significativo sobre o carregamento e a programação dos veículos, feito pelo transportador.

Quer esclarecer todas as suas dúvidas sobre esse assunto e otimizar as práticas da sua empresa? Acompanhe o artigo de hoje!

O que é cubagem?

Hoje em dia, as empresas que querem se destacar no mercado e alcançar os melhores resultados junto a seus clientes já reconhecem a logística como um diferencial competitivo, investindo na otimização das práticas que vão desde o recebimento de insumos até a chegada das mercadorias ao seu destino final.

Quando se fala em sucesso no transporte rodoviário de cargas, é preciso considerar o conjunto de etapas necessárias para garantir a rapidez e a qualidade nas entregas. Entre essas etapas, a cubagem merece um destaque especial, devido ao desafio constante de se produzir mais gastando menos.

De uma forma geral, o conceito de cubagem corresponde ao volume de um objeto qualquer, que é dado pela fórmula comprimento x altura x largura. Entretanto, no universo logístico, o termo cubagem é utilizado para definir a relação entre o peso de uma mercadoria embalada e o espaço ocupado por ela dentro do veículo destinado ao transporte de cargas.

Sendo assim, o processo de cubagem cumpre a função de aproveitar o espaço físico no qual a carga será transportada ao mesmo tempo em que se utiliza toda a capacidade de peso da frota, assumindo, portanto, uma grande importância para a eficiência em logística.

Qual é a sua importância?

Nas últimas décadas, o nível de exigência em relação à performance das empresas em todas as suas operações logísticas aumentou na mesma proporção das expectativas dos consumidores, que querem receber suas mercadorias em perfeito estado e da forma mais rápida possível.

Uma vez que a cubagem promove o equilíbrio ideal entre a quantidade de mercadorias a serem entregues e a capacidade dos veículos, essa etapa da cadeia logística torna-se fundamental para a eficiência no transporte de cargas.

Afinal, qualquer espaço livre nos caminhões ou containers eleva os custos operacionais, assim como a sobrecarga pode levar a complicações — como danos aos veículos ou acidentes —, além do possível descumprimento de obrigações legais e suas consequências.

Considerando-se os desafios atuais do transporte rodoviário de cargas, tais como a rapidez na logística de entrega e a defasagem do frete, a cubagem permite que os gestores otimizem o planejamento em logística, auxiliando a tomada de decisão e favorecendo a redução de custos logísticos.

Dessa forma, existem algumas situações da rotina em logística nas quais a cubagem torna-se ainda mais necessária, conforme você verá a seguir.

Quando o processo de cubagem é necessário?

Muitas vezes, ao embarcar uma carga, é preciso lidar com mercadorias que são muito volumosas, mas que possuem peso relativamente mais baixo (como é o caso dos colchões), o que pode gerar pouco aproveitamento do limite de peso bruto do caminhão.

Em outros casos, o que ocorre é a existência de vários volumes pequenos e pesados (a exemplo dos eletrodomésticos), que podem ser facilmente arranjados na carroceria, mas não permitem o aproveitamento total do espaço físico devido ao possível excesso de peso.

Nessas situações, a cubagem permite identificar exatamente qual é a capacidade de carga de cada veículo, tendo em vista suas limitações de peso e volume, equacionando mercadorias volumosas e pesadas e facilitando o gerenciamento das operações de transporte e entrega.

Para que essa questão fique mais clara, explicaremos, agora, como o processo de cubagem funciona na prática. Acompanhe.

Como colocá-lo em prática?

Antes de dar início ao cálculo de cubagem, é preciso certificar-se de que todas as mercadorias foram corretamente embaladas, sabendo-se que a embalagem adequada é aquela que vai proteger devidamente o seu conteúdo ao mesmo tempo em que facilita o seu transporte.

O primeiro passo, então, é calcular o volume da carga, multiplicando-se comprimento, altura e largura. Em seguida, o volume encontrado é multiplicado pelo fator de cubagem, representado por um valor constante equivalente a 1m³ (um metro cúbico) dentro do veículo que fará o transporte.

Assim, cada modal de transporte possui um fator de cubagem próprio,conforme a capacidade de carga dos diferentes veículos e de acordo com as definições da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC & Logística):

  • 300 kg no transporte rodoviário;

  • 166,66 kg no transporte aéreo;

  • 1.000 kg no transporte marítimo.

Entretanto, quando se trata do transporte rodoviário de cargas fracionadas, é possível utilizar um fator de cubagem mais baixo, em torno de 250 g, uma vez que essa operação específica diz respeito a uma variedade maior de produtos, com pesos e volumes bem diferentes entre si.

Ao final do cálculo de cubagem, é possível encontrar o espaço real (em quilos por metros cúbicos) a ser ocupado por uma carga dentro de determinado veículo, também chamado de peso cubado. Para isso, é preciso ter atenção quanto às unidades de medida utilizadas, fazendo as conversões necessárias.

O peso cubado de uma carga, por sua vez, interfere diretamente no cálculo do frete, como você verá ao final do nosso artigo. Confira e esclareça suas dúvidas.

Como a cubagem influencia o cálculo do frete?

Considerando-se todos os fatores que interferem no preço do frete rodoviário, a cubagem possibilita que esse gerenciamento seja feito da forma mais justa possível, estabelecendo valores com base no peso e no volume das mercadorias em função do espaço por elas ocupado.

Embora o peso cubado seja aplicado no cálculo do frete por muitas transportadoras, é comum a utilização do peso bruto da carga, especialmente quando as remessas incluem mercadorias muito pesadas, que podem provocar um desgaste maior dos veículos.

Em outros casos, quando se trata de mercadorias volumosas, que precisam de maior espaço nos caminhões para serem entregues, essa variável é levada em conta pelas transportadoras no momento de fechar o valor do frete.

De uma forma ou de outra, o processo de cubagem oferece benefícios para todos os envolvidos na cadeia logística, seja para as empresas e seus clientes, seja para as transportadoras: economia de recursos, rapidez nas entregas e qualidade garantida das mercadorias.

Chegando ao final do nosso artigo, você já sabe o que é cubagem e qual a importância desse processo para a eficiência no transporte de cargas. Agora, continue seu aprendizado conferindo um artigo sobre o que deve fazer parte de uma proposta de frete!

 

Deixe um comentário