Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

6 KPIs de logística que a sua empresa precisa acompanhar

342 Visualizações

6 KPIs de logística que a sua empresa precisa acompanhar

6 KPIs de logística que a sua empresa precisa acompanhar

Saber utilizar e analisar os KPIs de logística é imprescindível para o bom trabalho no setor. Como se sabe, os indicadores são grandes aliados dos gestores, dando a eles uma visão mais concreta e atualizada do desempenho da empresa.

Em logística isso se torna ainda mais relevante, posto que estamos falando de uma área muito dinâmica e, por conseguinte, difícil de ser gerenciada.

Nesse cenário, é importante que você conheça os principais KPIs de logística e compreenda como cada um deles pode auxiliá-lo a se tornar um profissional melhor e ainda ajudar sua empresa a crescer.

Ficou curioso? Acompanhe o post e descubra quais são eles!

A importância de se acompanhar os KPIs de logística

No mundo corporativo, organização, controle e agilidade na tomada de decisões são atitudes essenciais para se alcançar um empreendimento de sucesso. Aliás, esse é um objetivo que deve ser perseguido por todos os setores de uma empresa.

Como você sabe, para que a logística de um negócio funcione adequadamente, é preciso ter controle de todos os processos, bem como dos resultados positivos e negativos de cada uma das estratégias adotadas, e é nesse momento que o uso de KPIs se torna imprescindível.

Quando se consegue aplicar os indicadores corretos, e a análise de seus dados é obtida com qualidade e eficiência, a tarefa de comandar um setor produtivo e garantir que tudo seja executado conforme o planejado se torna muito mais fácil.

Em outras palavras, o uso dos KPIs permite que o gerente logístico tenha domínio das atividades do seu setor e consiga visualizar mais rapidamente oportunidades de crescimento e riscos à produtividade de seus colaboradores.

6 KPIs de logística que você deve utilizar

Além de compreender a importância de ter o auxílio de indicadores logísticos na gestão do setor, é preciso ter em mente que a escolha adequada de quais deles utilizar é o que simplifica o seu cotidiano e garante seu sucesso.

Existem inúmeros KPIs, e cada um deles possui uma função específica. Por isso, é preciso conhecer e identificar as necessidades de sua empresa para, assim, aplicar aqueles que são mais adequados.

Confira a seguir os principais indicadores para o setor e veja como eles podem ser úteis para você:

1. Custo operacional total

Esse é um KPI financeiro que tem como finalidade monitorar o custo total das operações do setor. Lembrando que o setor de serviços, como o transporte de cargas, tem um custo operacional acima de outros setores, como comércio e indústria.

Assim sendo, acompanhar o custo final de suas operações é imprescindível para garantir competitividade à sua empresa. Mapear e controlar os gastos do setor de logística é uma grande ajuda para a rentabilidade do negócio e, por essa razão, deve estar entre as suas prioridades.

2. Percentual de mão de obra no custo total

Conforme mencionado, conhecer o custo operacional total do setor é muito importante e, da mesma forma, é interessante visualizar o quanto desse custo está relacionado à mão de obra.

Algumas empresas ainda executam o seu próprio transporte de mercadorias e, portanto, necessitam contratar mais profissionais, especialmente caminhoneiros. Por representar um dos maiores custos operacionais de um negócio, é preciso acompanhar de perto tais gastos.

Mais que isso, o uso desse KPI auxilia o gestor a reduzir custos operacionais, pois fornece o embasamento necessário para optar pela terceirização de alguns de seus serviços, aproveitando as vantagens de se ter uma transportadora como parceira, por exemplo.

3. Retorno Sobre o Investimento (ROI)

O ROI é um indicador utilizado em todos os setores de uma empresa e possui uma aplicação muito importante dentro da logística, pois é ele quem mede se um investimento é interessante ou não.

Desse modo, imagine que você esteja planejando adquirir uma frota de caminhões ou de empilhadeiras. Por meio desse KPI, você poderá simular o percentual de retorno dessa compra em um determinado período e, com isso, tomar uma decisão acertada.

4. Percentual de entregas com avarias

Conquistar a satisfação do cliente é um dos grandes objetivos de qualquer negócio, pois é isso que o mantém atuante no mercado e fideliza sua clientela. Quando analisamos com atenção, é possível concluir que a logística desempenha um papel de destaque no alcance dessa meta, principalmente no que diz respeito à entrega dos pedidos.

Cumprir o prazo de entrega é tão importante quanto entregar com qualidade e segurança e, por isso, é preciso mensurar se as entregas estão sendo executadas corretamente.

Se sua empresa possui um alto percentual de avarias nesse procedimento, é sinal de que é necessário repensar alguns processos ou contratar uma transportadora mais eficiente e qualificada para a tarefa. Lembre-se de que uma entrega bem-feita é sinônimo de cliente satisfeito!

5. Tempo de espera para resolução de problemas

Imprevistos e problemas são situações do cotidiano de uma empresa. No entanto, a demora em solucioná-los é uma falha que precisa ser superada.

Se um cliente apresentou uma demanda para o seu setor, é preciso trabalhar para que a resposta seja rápida e efetiva, o que faz desse indicador uma necessidade real da logística.

Por meio dele, você conseguirá acompanhar o tempo médio para solução de problemas, bem como compreender o que contribui para os atrasos nas respostas. Com isso, será mais fácil traçar estratégias para aprimorar tais procedimentos e, novamente, conquistar um consumidor satisfeito.

6. Tempo entre o pedido e o recebimento das mercadorias

Além de todos os KPIs já apresentados, finalizamos nossas dicas com esse que mede o tempo gasto para que o setor de logística responda a um pedido.

Desde o momento em que o cliente efetua a compra até a efetiva entrega no destino final, existem inúmeros processos internos e externos na empresa — e visualizar se eles estão sendo cumpridos em tempo hábil é muito relevante para os resultados do setor.

Ademais, esse indicador também fornece dados importantes para se definir, por exemplo:

  • a eficiência da transportadora contratada;

  • a adequação do modal de transporte escolhido;

  • as mercadorias que possuem um processo de entrega mais complexo e longo.

Finalizando o post de hoje, conclui-se que o uso de KPIs de logística é muito importante para o desenvolvimento não só do setor mas também de toda a empresa.

Como gerente logístico, é seu papel trabalhar para que seu setor seja cada dia mais eficiente e consiga contribuir de maneira efetiva para o sucesso empresarial. Portanto, aproveite os conhecimentos adquiridos para aumentar sua produtividade!

Antes disso, sugerimos que você acompanhe mais um post aqui do blog e descubra como superar os 6 maiores problemas da logística no Brasil!

 

Deixe um comentário

Open chat