Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

Entenda a diferença entre logística inbound e outbound!

1236 Visualizações

Entenda a diferença entre logística inbound e outbound!

Entenda a diferença entre logística inbound e outbound!

Você sabe qual a diferença entre logística inbound e outbound? Desde o seu surgimento, a logística já se mostrava essencial para o crescimento do negócio, o que prepondera até os dias atuais. Aliás, nesse cenário, é fundamental dominar tais conceitos, pois eles representam um dos pilares do sucesso de qualquer empresa.

Como o objetivo maior de um gerente logístico é ampliar a confiabilidade e eficiência de sua cadeia de suprimentos, estudar e compreender esses processos é o ponto de partida para alcançar melhores resultados e, ao mesmo tempo, reduzir os custos logísticos.

Se você ainda tem dúvidas sobre o tema e deseja compreender melhor as características de cada um desses processos, não pode deixar de acompanhar o post de hoje!

Preparamos esse conteúdo repleto de informações relevantes para que você saiba diferenciá-los e extraia o que de melhor eles têm a oferecer para sua empresa.

Ficou curioso? Desça o cursor e aprenda um pouco mais!

O que é logística inbound?

Vamos iniciar o post de hoje explicando o conceito de logística inbound. Em resumo, esse processo engloba todo o controle de fluxo de materiais até a chegada à empresa, como:

  • processar informações;
  • encontrar bons fornecedores;
  • administrar o transporte do fornecedor até a empresa;
  • receber e verificar as matérias-primas recebidas;
  • estocar os produtos;
  • auditar qualidade da produção;
  • embalar mercadorias.

Desse modo, podemos concluir que a logística inbound é o termo utilizado para se referir ao transporte, armazenamento e entrega de bens e serviços para dentro de sua empresa — ou seja, são processos focados em todos os procedimentos que acontecem entre a compra dos produtos com o fornecedor e sua entrega na fábrica.

O que é logística outbound?

Por outro lado, quando falamos de logística outbound estamos nos referindo aos processos que se iniciam após o processo produtivo. Afinal, depois que sua empresa recebe os materiais e encerra a produção, inicia-se o processo de entrega.

Com isso, nessa fase cuida-se da:

Como é possível perceber, a logística outbound lida, basicamente, com os produtos e serviços finais prestados ao consumidor. Por isso, ela é a responsável por colocar seu negócio em contato direto com o cliente de maneira rápida e eficaz, conquistando a sua confiança.

Nesse contexto, é importante frisar que esse processo é o responsável por traçar métodos e estratégias que reduzam o tempo de entrega da mercadoria ao consumidor, estabelecendo um planejamento estratégico em caso de imprevistos — importantes para não afetar o nível de satisfação de seus público-alvo.

Quais as diferenças entre logística inbound e a outbound?

Só de ler os conceitos acima, você já percebeu que existem inúmeras diferenças entre esses dois processos. No entanto, além das características apresentadas, podemos destacar mais algumas diferenças importantes entre eles.

O principal ponto destoante pode ser entendido como a ótica do mapeamento dos indicadores, que no caso da logística inbound são investidos. Mas, como assim?

Para que você compreenda melhor, vamos analisar a gestão dos prazos de entrega das mercadorias. Enquanto na logística outbound o ponto de partida é a empresa, e o de chegada é a cidade do cliente, na logística inbound isso é invertido, e a empresa passa a ser o ponto de chegada.

Ademais, os processos inbound podem exigir indicadores específicos, como no caso de devoluções e trocas de mercadorias pelo cliente, em que se torna interessante medir se a transportadora coleta o material no cliente com rapidez e eficiência.

Por que é importante diferenciar esses conceitos?

Como você percebeu, esses dois processos são primordiais para o desenvolvimento de um negócio. Entretanto, por lidarem com aspectos distintos na cadeia de produção, saber diferenciá-los é essencial para que ambos sejam executados com perfeição.

Conforme dito anteriormente, a forma de controle dos indicadores se difere bastante entre os dois processos e, na maioria das vezes, ele sequer são os mesmos.

Por isso, para que você se torne um bom gerente logístico, precisa estar informado e preparado para lidar com os desafios que esses dois modelos enfrentam em seu dia a dia — até porque é a perfeita operação dos dois que culminam em uma logística de sucesso.

Qual o impacto desses modelos na gestão de frete de sua empresa?

Depois de todas essas informações, fica evidente a necessidade de conquistar uma logística inbound e outbound eficiente. Quando uma empresa consegue melhorar os processos nessas duas fases, as consequências diretas na gestão de frete são logo percebidas.

Assim, é possível afirmar que a aplicabilidade desses dois conceitos contribui para que o empreendimento:

  • obtenha maior giro de estoque;
  • racionalize recursos na movimentação de cargas;
  • gere economia com a adoção de estratégias mais eficientes;
  • simplifique o fluxo de informações entre a empresa e os fornecedores;
  • conquiste uma gestão de estoque mais eficaz;
  • evite a falta de mercadorias em estoque;
  • aprimore a qualidade e estabilidade das entregas ao consumidor;
  • reduza o prazo de entrega das mercadorias.

Em resumo, o que se percebe é que o domínio desses conceitos é essencial para o correto funcionamento de todos os processos logísticos. Os impactos positivos gerados por uma boa gestão logística e pela aplicação desses procedimentos levam a uma melhoria na credibilidade da empresa como um todo.

Não há dúvidas de que, quando a logística funciona adequadamente, a equipe de vendas se desenvolve melhor, os produtos são entregues dentro do prazo e com qualidade, e a satisfação da clientela é alcançada com mais facilidade e segurança.

Ao final desse material, podemos concluir que, em um mercado cada dia mais acirrado, com consumidores mais exigentes e com o amplo acesso a tecnologias, é preciso buscar formas e estratégias eficientes para manter o negócio produtivo e competitivo.

Nesse cenário, aplicar corretamente os conceitos de logística inbound e outbound torna-se cada dia mais essencial para se conquistar uma logística de sucesso.

O que você achou do conteúdo de hoje? Quer aprender um pouco mais? Confira mais um post preparado para você e entenda o que é logística integrada e quais os seus benefícios!

Deixe um comentário

Open chat