Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

Gestão de perdas: como reduzir riscos no controle de cargas!

150 Visualizações

Gestão de perdas: como reduzir riscos no controle de cargas!

Gestão de perdas: como reduzir riscos no controle de cargas!

Ter uma logística eficiente e se preocupar com a perda de cargas, seja em decorrência de roubos ou falhas no procedimento, é primordial para o sucesso de qualquer negócio. E, apesar de se tratar de um problema recorrente, o post de hoje demonstrará que essa situação pode ser superada com uma gestão de perdas eficiente e focada em minimizar tais riscos.

Mas, para o alcance de tais objetivos, é necessário destacar o importante papel do gerente logístico, especialmente quando está bem informado e atualizado sobre estratégias que assegurem melhores resultados.

Por isso, pensando em ajudá-lo a se tornar um profissional melhor e mais eficiente, separamos algumas das melhores práticas e processos na busca por redução de perdas de cargas e dos riscos existentes em seu transporte. Quer aprender? Acompanhe o post de hoje!

A importância de se atentar à prevenção de perdas

O controle e deslocamento de cargas pode ser considerado um setor estratégico para o desenvolvimento de um negócio, mas, como os demais setores, também sofre com problemas que precisam ser encarados com seriedade e responsabilidade. Mais do que isso, é preciso estratégia e planejamento para conquistar bons resultados.

No Brasil, o roubo de cargas, apesar de ser uma modalidade de crime antiga, vem crescendo ano após ano, sendo que em São Paulo o número dessas ocorrências bateu recorde esse ano.

Entretanto, esse tipo de roubo especializado não é o único problema enfrentado por esse setor. Problemas como acidentes, armazenamento inadequado e indisponibilidade de frotas também contribuem para aumentar o percentual de mercadorias perdidas durante o transporte.

Diante desse problema, a gestão de perdas deve ser uma preocupação recorrente no dia a dia do setor, sendo necessária a adoção de inúmeras medidas para prevenir esse tipo de prejuízo. Ou seja, os profissionais responsáveis pelo controle e gestão de cargas precisam encontrar maneiras de reduzir essas falhas.

Dicas para uma gestão de perdas eficiente

Sendo a redução de perdas uma questão vital para empresas de todos os portes e segmentos, a adoção de algumas estratégias pode contribuir para melhorias significativas nesses índices. Por isso, confira a seguir algumas ideias para conquistar uma gestão de riscos e perdas eficiente!

1. Dê prioridade ao tema

A primeira dica para conseguir reduzir perdas é dar prioridade a essa questão. Nós sabemos que a rotina de um gerente logístico é repleta de responsabilidades e decisões sobre diversos assuntos a serem tomadas. No entanto, você precisa dar uma atenção especial à prevenção de perdas.

Isso significa que é preciso encarar o problema com seriedade e responsabilidade. Para isso, comece conhecendo o tamanho do seu prejuízo mensal com essas questões e as vulnerabilidades existentes no processo.

A partir disso, passe a inserir em sua agenda um tempo específico para pensar em soluções práticas para esse transtorno.

2. Faça reuniões periódicas com seus colaboradores

Nossa segunda dica contribui não apenas para uma gestão de perdas eficiente, como também para o bom funcionamento do setor como um todo. Fazer reuniões periódicas com sua equipe de logística é essencial para identificar e mapear possíveis falhas nos processos logísticos.

Reúna seus colaboradores e procure ouvi-los atentamente sobre os desafios e problemas enfrentados. Além disso, estimule a participação e dê atenção às sugestões propostas — alguém pode ter uma boa ideia para tais complicações.

3. Invista em treinamento de equipe

Uma das estratégias que mais contribuem para o aumento da produtividade de funcionários é, sem dúvidas, o treinamento de equipe. Afinal, eles aprendem novas técnicas e conseguem se manter alinhados aos objetivos do negócio.

Dessa maneira, se você quer assegurar a redução de perdas em sua empresa, não deixe de treinar seus funcionários e mantê-los sempre atualizados sobre as práticas e protocolos a serem seguidos.

4. Implante um sistema de câmeras de monitoramento embarcado

Essa é uma estratégia que, inicialmente, pode representar um investimento, mas a médio e longo prazo é compensado, conferindo maior segurança e agilidade ao processo com a redução das perdas de cargas.

O monitoramento embarcado reduz os índices de assaltos, pois as câmeras acabam inibindo a ação de assaltantes e funcionários mal intencionados. Além disso, favorece o aprimoramento do serviço prestado, uma vez que, ao saberem que estão sendo monitoradas, as pessoas envolvidas com o transporte se tornam mais cuidadosas e obedientes às regras.

5. Estude a possibilidade de contratação de uma transportadora especializada

Outra excelente maneira de reduzir riscos no controle de cargas é a contratação de uma empresa de transporte especializada. Muitas vezes, a terceirização do serviço pode ser a melhor opção para sua empresa, já que um parceiro especializado nesse tipo de trabalho tende a desenvolvê-lo com mais perfeição.

Desse modo, estude a possibilidade de contratar uma transportadora para cuidar das entregas de sua empresa. Mas, claro, pesquise bastante para encontrar uma empresa que atenda às suas necessidades e tenha condições e estrutura para atuar no mercado com segurança e eficiência.

CTA_Patrus_Checklist saiba como avaliar a sua transportadora!_final

6. Crie indicadores de monitoramento

Nossa última dica de hoje está relacionada ao monitoramento dos resultados. Isso porque é aconselhável que você trabalhe com indicadores de desempenho para avaliar os índices de perdas de sua empresa.

Para traçar estratégias de intervenção, faça a coleta desses dados e comece a compará-los, observando os avanços e retrocessos nos resultados obtidos e buscando identificar as razões para tais alterações.

Os indicadores de performance, também conhecidos como KPIs, são essenciais para uma boa gestão de perdas. Afinal, não é possível controlar algo que não se conhece e não se pode mensurar. Ou seja, eles ajudarão o gestor a pensar em estratégias mais eficientes para enfrentar esse desafio.

É possível concluir que não existe uma fórmula exata e única para se chegar a uma gestão de perdas eficaz. No entanto, quando o gestor de logística estuda e busca aperfeiçoar sua atuação focado na solução desse problema, os resultados são extremamente satisfatórios. Sendo assim, depois de ler todas essas dicas, comece a planejar como colocá-las em prática em sua empresa, tendo a certeza de que os seus índices de perdas começarão a diminuir.

O que você achou desse conteúdo? Assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades do blog! É rápido e gratuito!

Deixe um comentário