Rastreie
sua carga
Clique para rastrear sua carga

O que é layout na logística e qual a sua importância?

817 Visualizações

O que é layout na logística e qual a sua importância?

O que é layout na logística e qual a sua importância?

Afinal, o que é layout na logística? Como gerente logístico, é provável que já tenha ouvido falar nesse conceito, mas ainda tenha restado algumas dúvidas sobre o tema. Essa é uma situação comum e, exatamente por isso, optamos por desenvolver este conteúdo para o nosso blog.

O post de hoje tem a função de ajudá-lo a compreender de uma vez por todas o layout de logística, bem como o relevante papel que ele desempenha nos diversos processos logísticos executados em seu negócio.

Portanto, fique atento aos próximos tópicos e se torne um profissional de alta performance!

O que é layout na logística?

O layout ou leiaute é uma estratégia que tem como objetivo ampliar a qualidade e eficiência de um processo produtivo. Via de regra, ele está intimamente relacionado à maneira como máquinas, equipamentos e pessoas são distribuídas em um espaço físico.

“Layout é o modo de distribuição de elementos em um determinado espaço”

Dentro da logística, ter um layout bem-elaborado é uma condição imprescindível para se alcançar bons resultados, ampliando o potencial de produção e reduzindo gastos desnecessários.

Portanto, pode-se dizer que o layout na logística é a organização de diversos elementos nos espaços disponíveis na empresa com a finalidade de proporcionar melhores condições de trabalho aos funcionários do setor.

Qual a importância de um bom layout?

Organização é uma palavra frequentemente utilizada dentro da rotina logística de uma empresa. Afinal, manter um nível de produção elevado e atender às expectativas dos clientes depende de processos logísticos eficientes, o que só se alcança por meio de controle e organização.

Nesse sentido, não restam dúvidas de que o layout em logística — seja ele em armazéns, estoque ou cadeias de distribuição — é fator preponderante para os bons resultados do setor, especialmente em relação à manutenção de um ritmo constante na produção.

Ter uma distribuição eficaz de recursos, ferramentas e pessoas dentro da empresa é fundamental para o desenvolvimento de uma logística de excelência e contribui significativamente para a melhoria dos resultados do setor.

Gerentes mais atentos começam a dar mais atenção a essa questão durante o planejamento logístico e conseguem aprimorar sua gestão logística de maneira interessante.

Qual a relação do Lean Manufacturing com o layout?

Você já ouviu falar em Lean Manufacturing? Traduzindo para o português, a manufatura enxuta tem se transformado em uma grande tendência para o setor de logística, transformando o processo de produção nas grandes empresas do mercado.

Em suma, ela consiste em estruturar uma logística econômica, reduzindo os desperdícios, ou seja, aquelas situações que não favorecem o seu produto final, mas que comprometem a lucratividade da empresa e estão relacionadas ao:

  • transporte;

  • inventário;

  • movimentação dos materiais;

  • espera e ociosidade;

  • produção excessiva;

  • processamento excessivo;

  • defeitos na mercadoria;

  • conhecimento.

Não fica difícil entender a relação direta entre a manufatura enxuta e o layout na logística, não é mesmo? Na verdade, uma mudança e um planejamento eficiente de layout é a chave para conseguir implementar essa estratégia na empresa e, portanto, é imprescindível para o sucesso do processo.

Quais os exemplos práticos de layout na logística?

Para que você compreenda melhor a relevância do tema, é importante observar na prática como ele pode influenciar na qualidade de diversos processos logísticos.

Por isso, trouxemos alguns exemplos clássicos que indicam o quanto é indispensável investir em planejamento e análise de layout na logística. Acompanhe:

Layout de armazéns

Os armazéns são locais de grande importância não apenas para o setor de logística, mas para toda a empresa, visto que armazenam todos os insumos e produtos de sua empresa. Por essa razão, podemos perceber que o layout de armazém é fundamental para a organização e movimentação de materiais e pessoas dentro dos galpões da empresa.

Mas, obviamente, para que se consiga elaborar um bom projeto de distribuição física é preciso investir em análise e planejamento eficiente. Quando bem executada, essa estratégia facilita que os funcionários encontrem produtos nas prateleiras e não percam tempo para carga e descarga dos produtos, reduzindo o tempo e o custo de tais atividades.

Por meio dele você pode, por exemplo:

  • posicionar produtos com maior demanda próximo à saída do galpão;

  • reunir em uma mesma área produtos que costumam ser expedidos em conjunto;

  • gerir melhor o espaço com base no tamanho das mercadorias;

  • organizar os corredores para melhor circulação.

Layout de centros de distribuição

Outro ponto que merece destaque e no qual é possível visualizar a contribuição de um bom layout dentro da logística, diz respeito à localização de um centro de distribuição.

Para que uma empresa alcance bons resultados e consiga realizar entregas com eficiência e rapidez, torna-se imprescindível estudar e planejar com responsabilidade e estratégia os locais em que instalará os seus CDs.

Essa tarefa é geralmente atribuída ao gerente logístico e demanda que ele esteja preparado e compreenda as necessidades reais do negócio. Afinal, uma localização bem-definida traz alguns benefícios interessantes:

  • reduz gastos com frete de distribuição;

  • eleva o nível de satisfação dos clientes;

  • diminui o prazo de entrega das mercadorias;

  • facilita o acesso das transportadoras às cargas;

  • aproxima à marca ao seu público-alvo;

  • simplifica o contato com fornecedores.

Em outras palavras, quando você realiza uma distribuição inteligente dos seus centros de distribuição pelo território tem melhores condições de trabalho e está um passo mais perto de conquistar uma logística de sucesso.

Layout de movimentação de materiais

Quando tratamos de movimentação de materiais, o layout é um ponto que merece destaque. O mercado atual demanda agilidade e qualidade nas entregas e, necessariamente, isso envolve um projeto elaborado para a correta movimentação dos materiais.

Frisa-se que um layout inteligente é capaz de reduzir a movimentação dos itens e, consequentemente, o tempo gasto com a operação. Assim sendo, é preciso trabalhar para distribuir as mercadorias adequadamente, avaliando os benefícios dos locais de recebimento e despacho de sua empresa.

No caso de cargas frágeis, é prudente organizá-las e distribuí-las de maneira que se movimentem o mínimo possível, isto é, apenas no momento do carregamento.

Outra boa prática que garante bons resultados é o sistema cross-docking, muito utilizado pelas transportadoras mais experientes do mercado. De modo geral, as docas de recebimento de mercadoria ficam localizadas a 180° do carregamento — com isso ela é recebida, separada e direcionada ao local de expedição quase que em linha reta —, o que faz com que seja manuseada menos vezes e sofra menos com os riscos de perdas e avarias.

Conseguiu entender o que é layout na logística? Após a leitura deste post, é possível concluir que uma das grandes responsabilidades de um gerente logístico é organizar e planejar o layout de modo a garantir o melhor desempenho possível de seus colaboradores e processos. Por isso, esperamos ter contribuído com o seu aperfeiçoamento profissional e, claro, com a melhoria dos processos logísticos de sua empresa.

Se você gostou deste post e quer acompanhar todas as novidades do nosso blog, não deixe de assinar a nossa newsletter e receber informações sobre o universo da logística diretamente na sua caixa de entrada!

 

Deixe um comentário